A conferir

Postado em 12/08/2017 00:18:35

Passando ao largo da politica pequena e mesquinha, o governador Tião Viana se reuniu esta semana em Brasília com ministros e gestores de alguns órgãos federais para expor a crítica situação da seca do Rio Madeira que pode causar o desabastecimento de alguns produtos essenciais no Acre e o colapso no transporte de passageiros.

Como a conclusão da ponte ainda está longe de ser efetivada, a solução encontrada foi a de o Governo de Rondônia decretar estado de emergência no local, para que os órgãos federais possam realizar alguns serviços emergenciais para facilitar a travessia das balsas.

Soa como ironia ou brincadeira, mas é a realidade: o Acre dependendo da boa vontade do Governo de Rondônia para não sofrer o colapso em seu abastecimento e transporte de passageiros.

É evidente que esta é uma solução emergencial e que o problema só será resolvido quando a ponte estiver concluída, E aí é que se apresenta outra questão: com o contingenciamento de recursos que o Governo Federal vem fazendo, até que ponto se pode confiar que os recursos para a conclusão da obra estão garantidos?

Diretores do Dnit e apoiadores políticos do atual Governo garantem que sim, que a obra não parou e que será entregue no prazo previsto. A conferir.

 

editorial

Tudo a ver

 

Agora, não é mais um político da oposição que está afirmando. É o comandante do Exército Brasileiro, general Eduardo Villas Boas, que está alertando que os sucessivos cortes que vem sendo feitos elo Governo Federal chegaram a tal ponto que comprometem a segurança nas fronteiras. Esses cortes são tão perversos que, ...

Leia mais...

clima

Rio Branco - AC
agazetanofacebook