Apenas palavras – Jornal A Gazeta

Apenas palavras

Têm dias que são mais difíceis de serem digeridos que outros, não é mesmo? Alguns parecem se arrastar lentamente, como se nunca fossem acabar enquanto outros voam e nos fazem pensar que 24h é pouco tempo para resolver tudo.

Tenho essa mania de gostar de ouvir as pessoas. Sou uma ouvinte nata. E nessa atividade de ceder minha atenção para alguns, eu acabei refletindo o quanto não sabemos de nada dessa vida.

Claro, Sócrates já dizia isso lá na Grécia, muito antes do nascimento de Cristo: “só sei que nada sei”. Mas é que tantas vezes somos tão arrogantes que chegamos a pensar e dizer o contrário.

Nesses desabafos, já ouvi pessoas destilando ódio por outras. Mágoas daquelas que você sente que arde forte. E depois vi essas mesmas pessoas superando tal sentimento e voltando para me dizer que estavam livres.

Você já reparou como perdemos muito tempo da nossa vida guardando coisas ruins? Se pararmos para pensar, só temos algumas décadas nesse mundo, e se tivermos mesmo.

Além disso, temos essa mania de competir com os outros, às vezes, inconscientemente, quando na verdade deveríamos competir com nós mesmos.

Somos humanos e sempre teremos sentimentos adversos dentro da gente. Isso é normal. Mas não podemos dar espaço demasiado para o que não faz bem.

Por isso, quando algum amigo me fala sobre esse tipo de sentimento que nutre por outra pessoa, o meu conselho é: você vai superar. Eu superei.

É que alguns problemas, angústias e raivas parecem que vão durar pra sempre. E a gente, sem perceber, acaba se apegando a isso. A gente defende esse sentimento ruim como se fosse alguém querido. Olha só que coisa!

Temos é que nos desapegar de tudo o que pesa em nosso coração. Resolver-se. Não guardar mágoas. Não alimentar o ódio. Sabe aquela angústia que aperta o peito? Ela vai passar.

O relógio não para. O tic tac continua a ecoar pela sala e os ponteiros são funcionários exemplares, não dormem.

Não sabemos de nada dessa vida, a não ser que ela não é eterna. Por isso, precisamos fazer dos nossos dias os melhores que pudermos. A responsabilidade é só nossa.

Assuntos desta notícia