Apesar de tudo, um Feliz Natal

Postado em 26/12/2016 16:48:34

Em meio a tanta barbárie e atrocidades na conjuntura internacional como também nacional, torna-se difícil formular votos de boas festas, de paz, amor nesses dias em que se celebra o Natal e um novo ano que está por vir.

Contudo, é preciso insistir na cultura da paz e no repúdio à intolerância política, religiosa e racial, que é uma das principais causas que está desencadeando essas atrocidades que se assiste, diariamente, nos mais diferentes pontos do planeta.

A impressão que dá – e não é só impressão, é fato – é que depois de tantos séculos de cristianismo, budismo, humanismo e outros credos e ideologias, a humanidade tenha regredido tanto.

Não se trata de abolir o debate de ideias ou ideologias. O debate não e só saudável, como necessário para se chegar a soluções dos graves problemas que ainda afetam grande parte da humanidade, sobretudo, as desigualdades sociais. Porém, que se faça esse confronto de ideias ou programas de governo  de forma civilizada e não como se está assistindo com extremismos e a imposição pela força, pelas armas.

E quando se fala em cultura da paz não é algo abstrato. Trata-se de uma atitude pessoal e coletiva, que deve começar dentro de casa, perpassando todas as instituições. Apesar de tudo, um Feliz Natal, tanto quanto possível.

editorial

Armando palanque

 

Ao invés de se preocuparem em juntar esforços para a obtenção de recursos para a recuperação e construção da BR-364 até Cruzeiro do Sul, que está praticamente fechada, alguns deputados insistem na instalação de uma CPI para apurar supostos desvios em obras realizadas em anos passados. Nada a opor ao debate ...

Leia mais...

clima

Rio Branco - AC
agazetanofacebook