Apocalipse

Postado em 24/08/2016 22:32:31

Cenas do próprio apocalipse, retratam fotos feitas durante todo o dia de Rio Branco. Fumaça, fumaça e muita fumaça. Algumas vias pareciam estúdios de filmes de terror. Tosse, ardência nos olhos, sede e uma indisposição ferrenha. Sim, assim foi o dia dos rio-branquenses.

Se a fumaça que tirou a beleza e a qualidade do ar veio é fruto das queimadas realizadas aqui ou no Mato Grosso não importa. Crises como essas, demonstram que sozinhos não conseguimos ir a lugar nenhum.

Não adianta se as instituições acreanas realizarem ações de fogo zero se o restante do Brasil não segue essa mesma linha de pensamento. O mundo inteiro precisa enxergar de fato o meio ambiente.

E acreanos, paramos de pensar que apenas o Acre é vítima desse cobertor de fumaça que não é. Municípios de Rondônia também foram afetados, mas também queimam e queimam muito.

Não é por acaso que estamos passando por isso 10 anos após a maior seca registrada no Acre. Não é coincidência que o Rio Acre esteja atingindo medidas recordes, tanto para mais quando para menos. Não é por acaso a preocupação caso a preocupação das autoridades caso ele não consiga abastecer a capital do Estado. E nós não temos alternativas. Não temos!

Os pesquisadores da Universidade Federal do Acre (Ufac) apontaram que, neste período de constantes queimadas, o nível de poluição em Rio Branco é de 150 microgramas – três vezes a mais que o tolerado pela Organização Nacional de Saúde, que é de 50 microgramas por cada metro cúbico de ar.

E como não adianta reclamar depois do leite derramado, o dia de hoje terá ainda mais concentração de fumaça em Rio Branco, segundo o pesquisador meteorológico, Davi Friale.

Mas, a partir de sábado a situação deve melhorar devido a algumas chuvas que devem ocorrer em regiões localizadas. E segue a nossa batalha para sobreviver em meio ao caos.

Bruna Lopes é jornalista
jornalistabrunalopes@gmail.com

editorial

A conferir

 

Muitos discursos durante a inauguração da Superintendência do Dnit no Estado e a posse do superintendente, mas o que interessa mesmo para a sociedade é saber se o órgão vai, efetivamente, realizar as obras que o Estado tanto precisa, de modo particular, o asfaltamento da BR-364 até Cruzeiro do Sul. Como ...

Leia mais...

clima

Rio Branco - AC
agazetanofacebook