Até breve

Postado em 17/08/2016 21:34:01 Gilberto Braga

Faço desde espaço em A Gazeta minha profissão de fé no jornalismo. Valorizo o fato de escrever em uma editoria de opinião para ressaltar que o compromisso de quem escreve tem, antes de tudo, o dever de informar com clareza.

Mesmo quando emite sua opinião ou defende um ponto de vista, é obrigação do jornalista expor os fatos abordados de forma que o leitor passo ter a sua própria interpretação dos fatos comentados. Só assim, a opinião ou ponto de vista terá sido defendido honestamente. Este é o princípio primário do jornalismo, mesmo, repito, quando se escreve artigos de opinião.

O Brasil tem lido, visto e ouvido um jornalismo de tendência. Pauta deixou de ser orientação de reportagens para fazer a indicação seletiva de quem se acusa, elogia ou esquece. Jornalismo investigativo, por aqui, se tornou noticiário de acusação. As grandes empresas de comunicação foram transformadas bancas rentistas e a imprensa de patrões ultrapassou o status de Quarto Poder para controlar deliberadamente os Três Poderes constitucionais. E a imprensa de empresa compromete a profissão que foi de mestres como Cláudio Abramo, Armando Nogueira e Ronildo Maia Leite.

Falo de princípios para agradecer a atenção dos meus eventuais leitores em A Gazeta, pois outros deveres profissionais me obrigam a dizer até breve. Ao editor-chefe Tiago Martinello, solicito licença para me afastar temporariamente desta coluna que venho assinando há coisa dois anos, sempre às quartas-feiras.

Ainda acredito no bom jornalismo e não acho que isto me coloca entre poucos românticos. Exemplos de boa imprensa pelejam Brasil afora, fora da grande imprensa. A esta resistência se soma a incerteza da internet, das novas mídias e do fenômeno das redes sociais, de um jeito ou de outro abrindo possibilidades para cada leitor ir mais fundo no noticiário, ou até noticiar.

Quando voltar a escrever neste espaço, espero que o nosso reencontro aconteça sob um país em mais harmonia, tolerância e respeito.. Agora que o Congresso Nacional entra na reta final do processo de impeachment da presidente Dilma e o país inicia uma nova campanha eleitoral municipal, penso como será bom se o legado da Olimpíada também deixar para nossa democracia a capacidade de entender e respeitar o resultado de disputas justas.

editorial

Uma boa medida

 

Como este jornal mostrou na edição de domingo, pelo menos, aqui, no Estado, as autoridades de segurança estão tomando medidas para evitar as chacinas que vêm se sucedendo em diversos estados com as disputas entre as famigeradas facções e, ao mesmo tempo, prevenindo e combatendo a criminalidade aqui fora com ...

Leia mais...

clima

Rio Branco - AC
agazetanofacebook