EDITORIAL – Página: 2 – Jornal A Gazeta
  • O “ano da vergonha”

    Qualquer retrospectiva que se faça agora ou no futuro sobre 2017 será qualificada como “o ano da vergonha” por conta do “balcão de negócios” que o presidente da República imposto por um golpe montou no Congresso Nacional para se livrar das graves denúncias comprovadas de...

  • O que importa

    Apesar das divergências entre os historiadores, Rio Branco está completando hoje 135 de sua fundação, com bons motivos para comemorar, mas também com graves problemas ainda a serem resolvidos. Fundada por um seringalista, viciado em carteado, a cidade girou durante quase um século em torno...

  • Sempre dá bons resultados

    Ao contrário do que se previa e se temia e o pessoal do “quanto pior, melhor” torcia, os festejos natalinos transcorreram sem violência, com exceção de alguns casos de excesso de bebidas e outras ocorrências menos graves. Não que a bandidagem tenha sido tocada pelo...

  • É Natal

    Para cristãos ou não cristãos, acima dos apelos mercadológicos, a celebração do Natal deveria servir para uma séria reflexão e tomada de posição sobre s graves problemas por que passa a humanidade. É de se lamentar e se indignar que, depois de tantos séculos de...

  • Lá e aqui

    Depois do Governo do Estado, ontem foi a vez do prefeito Marcus Alexandre anunciar os pagamentos dos salários e do 13º ao funcionalismo público municipal, injetando mais de R$ 42 milhões na economia da Capital e, por extensão, do Estado. Já se disse e vale...

  • Não há como ignorar

    Divergências políticas à parte, não há como não reconhecer esse trabalho que o Governo do Estado vem fazendo no interior, investindo e apoiando as chamadas cadeias produtivas com a exploração de diversos produtos, mas, ao mesmo tempo, beneficiando os municípios de difícil acesso com obras...

  • Não enganarão

    Para não dizer ridícula, soa, no mínimo como hipócrita essa decisão tomada pela cúpula do PMDB e aprovada ontem em convenção nacional, em mudar o nome da sigla para MDB (Movimento Democrático Brasileiro). Pretendendo fugir do desgaste que o partido amarga perante a sociedade, depois...

  • O Acre não seria o mesmo

    Movimentos sociais diversos, com o apoio o Governo do Estado, promovem ao longo desta semana, vários eventos para lembrar os 29 anos do assassinato brutal e covarde do líder sindical e ambientalista Chico Mendes, ocorrido em Xapuri. Como bem lembrou o governador Tião Viana, todo...

  • Boas perspectivas, mas…

    O ano se aproxima do seu fim, e com boas perspectivas no Acre. Depois de uma famigerada crise, daquelas brabas, o comércio e a indústria começam a dar sinais de recuperação. A Fecomércio/AC divulgou várias pesquisas de índices positivos nas vendas dos últimos dias. A...

  • Saber quem é quem

    Na medida em que a pré-campanha eleitoral vai se esboçando, a sociedade precisa redobrar sua capacidade de discernimento para se prevenir e reagir contra declarações mentirosas e movimentos insuflados por políticos oportunistas e desonestos que querem ganhar votos a todo custo. Na quarta-feira mesmo, um...