Domingo – TIAGO MARTINELLO – Página: 10 – Jornal A Gazeta
  • O dia é delas

    Que semana cheia no Acre! Teve inauguração da Contax, uma empresa líder de mercado em seu segmento de contact center e que agora promete empregar mais de 5 mil acreanos. Visita do ex-presidente Lula para conhecer o Complexo de Piscicultura. Visita do presidente boliviano Evo...

  • O lado bom

    Estar doente é horrível. A morte causa um temor indescritível. Seu conceito de fim, por si, é triste. E o caminho até ela é tão ruim quanto o suspiro derradeiro. A vitalidade se esvai, e a ausência da vida provoca uma dor muito além da...

  • Aqui não é refúgio

    Olhar as páginas policiais é se deparar, de vez em quando, com fatos que evidenciam estigmas e heranças malditas de uma fama bem ruim para o nosso querido Acre. Nos últimos meses, duas notícias reforçaram um velho estereotipo falso daqui. Aquele de que o Estado...

  • Já era tempo

    Finalmente aconteceu. O Governo do Estado tanto pediu e mobilizou que o Governo Federal enfim vai assumir a responsabilidade em administrar o fluxo desenfreado de imigração que há 5 anos começou pelo Acre. Começou e não parou mais. Nem parece que vai parar. O governo...

  • A ajuda certa

    Houve um tempo em que sair em Rio Branco significa descontração integral. Quase nunca éramos surpreendidos por alguém na rua tentando se vitimizar ao máximo para pedir esmolas. São homens, mulheres (muitos na flor da idade, com plena capacidade de arranjar um emprego modesto e...

  • Posso ajudar?

    O problema de ser jornalista é que as pessoas acham que você é chato. Que é crítico demais. Que temos horários e hábitos estranhos, além de sermos pouco produtivos para a sociedade. Há até quem nos credite a alcunha de irresponsáveis e negativos. Mas a...

  • Decepção com a lei

    A liberdade do rapaz de 20 anos, acusado de atropelar 17 pessoas em Cruzeiro do Sul, é simplesmente uma vergonha. Um exemplo da impunidade e de como leis são frouxas não só no Acre, como no Brasil. Casos como este nos faz até se sentir...

  • Nova chance

    Era uma vez uma bela e calorosa cidade chamada Rio Branco, que viveu uma grande tragédia devido à cheia do seu rio. E agora o município vive uma conjuntura diferenciada: não sabe se está em tempos de cheia ou de seca. Algo como uma semi...

  • É diferente

    Alagação. O assunto não saiu das manchetes do jornal nesta semana. E não era para menos. Foi a cheia mais crítica que Rio Branco já viveu. Um fenômeno natural esperado (até pela época do ano). Só que, ao mesmo tempo, atípico. E que deixou a...

  • Tá cheio, e daí?

    “Que tédio, que vida mais chata! Se ficar mais parada que isso, vai dar mosquito da dengue nela. Ou o tal do Chicongunha. Pelo menos doente eu teria um pouco mais de ação… mesmo que seja na fila da UPA”. Assim que o pensamento passou...