Cia de Teatro Trincheira realiza a Circulação Teatral: “Teatro e História: As Revoluções”

Postado em 02/08/2014 17:36:29 BRUNA LOPES

Cia de Teatro se apresenta hoje em Porto Acre, às 15h

Cia de Teatro se apresenta hoje em Porto Acre, às 15h

A Cia de Teatro Trincheira, de Porto Acre, realiza a Circulação Teatral: “Teatro e História: As Revoluções” com o espetáculo de Teatro de Rua “As Revoluções”, totalizando oito apresentações por sete municípios acreanos. O projeto é financiado pela Lei de Incentivo à Cultura, através do Edital Cultura e Comunidade, da FEM – Fundação de Cultura e Comunicação Elias Mansour.

Neste sábado, o espetáculo será apresentado em Porto Acre, às 15h, na chácara 59, em frente ao Norte Clube. No domingo, a Cia chega a Sena Madureira. A apresentação será às 17h, na Praça 25 de Setembro.

“As Revoluções” chega a Assis Brasil no próximo dia 9 e será apresentado às 17h30, em frente a Prefeitura. Já no dia 10, as apresentações ocorrem em Brasiléia, às 17h30, na Praça Hugo Polly.

} A Circulação já passou nos municípios de Feijó, Tarauacá e Cruzeiro do Sul. Até o momento a Circulação obteve sucesso absoluto de público e crítica em todas as apresentações, promovendo também debates sobre a situação atual do Estado do Acre e os recortes do contexto histórico retratado no espetáculo.

As Revoluções” é um espetáculo de teatro de rua, que aborda de forma cômica parte do contexto histórico da formação do Estado do Acre e de Porto Acre, município importante como território de certidão de nascimento do Acre, desde a sua fundação até o término da Revolução Acreana, com seus conflitos e atos diplomáticos.

O espetáculo traz ao público algumas das diversas tentativas da Bolívia em exploração e ocupação do território do Acre (capital Porto Acre); o descontentamento do povo brasileiro  em obedecer as leis de outro país; a diplomacia do advogado José de Carvalho, que mostra o quanto a Revolução Acreana não foi somente de armas e sim de ideais; a ousadia de Galvez em transformar o território do Acre em Estado Independente; o drama vivido pelo seringueiro; Angelina, uma mulher a frente do seu tempo; e finaliza com o conflito armando e a vitória do povo brasileiro, aclamada pelo Coronel José  Plácido de Castro, declarando o Estado Independente do Acre em 24 de janeiro de 1903. (Foto: Divulgação)

editorial

Tudo a ver

 

Brasília deve ter hoje mais um dia movimentado, nervoso, com as centrais sindicais cercando o Congresso Nacional para protestar e exigir o fim das reformas da Previdência Social e das leis trabalhistas que estão em tramitação na Câmara Federal. Mesmo assim, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, adiantou que dará prosseguimento ...

Leia mais...

clima

Rio Branco - AC
agazetanofacebook