CNH digital já está disponível para os condutores acreanos – Jornal A Gazeta

CNH digital já está disponível para os condutores acreanos

BRUNA LOPES

O lançamento oficial da Carteira Nacional de Habilitação Eletrônica (CNH-e) no Acre ocorreu nesta quarta-feira, 17, pelo Departamento Estadual de Trânsito do Estado (Detran/AC), em entrevista coletiva, o diretor do órgão, Pedro Longo, destacou que o sistema possibilitará mais segurança e comodidade.
Já que com a CNH digital o condutor não precisará estar munido do documento impresso, já que o sistema eletrônico armazena os dados em QR Code. Deste modo, agentes de fiscalização poderão fazer a leitura dos dados com um smartphone ou tablets.
Desde o dia 15 deste mês, o serviço opcional e gratuito já pode ser utilizado no Acre.
“A CNH é uma forma não física de apresentar o mesmo documento, que a Carteira Nacional de Habilitação. Basta se habilitar aqui no Detran, cadastrar um e-mail no telefone celular e baixar a sua CNH digital”, esclareceu Longo.
O Acre sai na frente de muitas unidades federativas na implantação do serviço, sendo o quinto em todo o país a disponibilizar a CNH-e ou digital. “Vale ressaltar que este serviço, que é totalmente gratuito para a população e pretende facilitar a vida das pessoas”, comentou o diretor.
O Detran ressalta que, para acessar o documento, o condutor já deve ser habilitado e ter CNH emitida a partir de maio de 2017, quando as carteiras passaram a ser impressas com um código de acesso digital, o QR code.
O condutor que já tiver o documento com o QR code e um certificado digital, pode entrar no site do Denatran, responsável pelo aplicativo, e fazer um cadastro. O usuário vai criar uma senha de quatro dígitos e, depois, baixar o aplicativo no celular para usar.
Já o condutor que tem o QR code na habilitação impressa, mas não tem certificado digital, é necessário fazer uma atualização de dados no Detran, onde vai ser gerado um código de ativação. Em seguida, o usuário pode baixar o aplicativo e usar.
Para o usuário que ainda não tem o QR code na CNH, a coordenadora de habilitação e Renach, Anne Gomes, explica que o condutor deve procurar o Detran para poder ter acesso.
“O condutor vai vir ao Detran solicitar uma segunda via ou uma alteração de dados ou, ainda, uma renovação, se o documento já estiver próximo ao vencimento. Depois vai fazer todos os procedimentos para baixar o aplicativo. Depois é só usar”, esclareceu.
A CNH-e ou CNH Digital tem o mesmo valor jurídico da versão impressa e pode ser acessada a partir de um aplicativo desenvolvido pelo Serpro, empresa de tecnologia da informação do governo federal, para Departamento Nacional de Trânsito (Denatran).
Saiba mais informações sobre o serviço no site do Denatran.

Assuntos desta notícia