Colóquio no Jaburu

Postado em 29/06/2016 04:23:43 Gilberto Braga

Dois fatos políticos deviam ter agitado esta semana. Um, a perícia de técnicos do Senado sobre as pedaladas fiscais – mais uma prova que a presidente Dilma não cometeu crime de responsabilidade. Outro, o inusitado encontro do vice-presidente no exercício da presidência da República com o deputado afastado da Presidência da Câmara Federal e do mandato pelo STF – mais uma prova que o réu Eduardo Cunha, agora com a cumplicidade de Michel Temer, manobra para interferir nos processos em andamento na Câmara e no Supremo para sua cassação por quebra de decoro e sua prisão por corrupção.

Seriam duas notícias bombásticas, mas tiveram tímida repercussão. O tratamento dado ao colóquio Temer e Cunha, como também à perícia técnica do Senado, só confirmam a campanha da mídia grande para aprovar o impeachment de Dilma no Senado.

A mídia grande, também chamada de PIG – Partido da Imprensa Golpista –, é formada por Rede Globo, jornalões como Folha de São Paulo e O Estado de São Paulo, e outras poucas mais poderosas empresas familiares de comunicação. Elas servem-se de qualquer governo, mas sempre servem ao mercado. Na prosperidade, o governo do PT não era problema para elas. Mas comas crises política e econômica elas precisaram e tomaram partido: entre o social e o econômico, ficam com o econômico; entre os trabalhadores e o mercado, vão com o mercado; entre os pobres e os ricos, mandam a conta para os pobres.

A campanha de mídia e ódio para desmoralizar o PT não tem nada a ver com moralidade. No máximo, é moralista, porque ideológica. Corruptos existem em todos os partidos, como também gente séria. A corrupção não se deferência no PMDB, PSDB, PP. É pra ser combatida independente de partidos.

Só com o presidente Lula os órgãos de investigação e controle ganharam efetiva independência de atuação, inclusive o ministério púbico e a policia federal. Portanto, nenhum outro governo nem partido contribuiu tanto para o combate à corrupção.

A presidente Dilma errou no governo, mas sempre foi honesta e sincera no combate à corrupção. A perícia técnica do Senado é mais uma prova que ela não cometeu crime de responsabilidade.

O Brasil quer justiça e não é possível que a Nação inteira dormia na noite de domingo que Michel Temer abriu o Palácio do Jaburu para Eduardo Cunha.

editorial

Uma boa medida

 

Como este jornal mostrou na edição de domingo, pelo menos, aqui, no Estado, as autoridades de segurança estão tomando medidas para evitar as chacinas que vêm se sucedendo em diversos estados com as disputas entre as famigeradas facções e, ao mesmo tempo, prevenindo e combatendo a criminalidade aqui fora com ...

Leia mais...

clima

Rio Branco - AC
agazetanofacebook