Coluna Golaço – 21.01.2018 – Jornal A Gazeta

Coluna Golaço – 21.01.2018

Domingo de futebol
no Florestão
O campeonato Acreano tem início neste domingo, 21, com dois jogos no Florestão. Na primeira partida, às 15h30, o Atlético Acreano, atual bicampeão, encara o São Francisco. Mais tarde, às 17h30, o Rio Branco estreia diante do Andirá. Galo e Estrelão carregam o favoritismo para dentro de campo, afinal, as duas equipes polarizam as atenções não apenas pelo investimento, mas também pela rivalidade aflorada com a presença nas decisões de 2016 e 2017.
No Segundo Distrito, o foco da diretoria foi priorizar a base que levou o Galo à Série C do Campeonato Brasileiro. A principal aquisição foi o atacante Araújo Jordão, que na temporada passada defendeu as cores do rival Rio Branco. Por falar no Estrelão, o time do José de Melo foi ao mercado e contratou 12 atletas das mais diversas posições. Além disso, renovou com 10 remanescentes da temporada 2017, e promoveu outros cinco.

Novidade
Houve substituição na fórmula de disputa: sai de cena os pontos corridos e entra os grupos A e B, com quatro equipes cada. O que na minha opinião deixa o campeonato mais interessante. No primeiro turno, os times enfrentam-se dentro de suas respectivas chaves, enquanto no segundo os confrontos serão diante de adversários do outro grupo. Ambas as fases terão semifinal e final, com a presença dos dois melhores de cada grupo.

Correm por fora
Se Atlético e Rio Branco são favoritos, Galvez e Plácido de Castro correm por fora na luta pela taça. O time da capital tenta o título inédito, já o Tigre do Abunã sonha com o segundo troféu (fora campeão em 2013). A aposta do Galvez é na consistência tática que o comandante Zé Marco costuma implantar em suas equipes. Seu histórico de liderança, desde os tempos de boleiro, podem ajudar os seus comandados a surpreender. Na fronteira, a grande esperança é a força da torcida placidiana, já que os jogos da equipe serão realizados na cidade.

Rebaixamento
Permanecer na elite do futebol acreano é o objetivo de Vasco, São Francisco, Andirá e Humaitá. Também pudera, leitor, a falta de investimento não dá margem para sonhar com voos mais altos.

Carioca
No Rio, o domingo também é de bola rolando pelo grupo B do Campeonato Carioca. O Vasco entra em campo às 14h*, na tentativa de apagar o vexame da estreia quando perdeu para o Bangu por 2×0. O adversário da vez será o Nova Iguaçu, em São Januário, ainda sem a presença da torcida. Na Ilha do Urubu, às 17h15*, o Flamengo recebe a Cabofriense para manter o 100% de aproveitamento. Um vizinho rubro-negro está em êxtase com os “Garotos do Ninho”, alcunha da categoria de base do Flamengo, mas pedi calma pois a temporada é longa. Os jogos do grupo A aconteceram neste sábado, inclusive o clássico “Vovô” entre Botafogo e Fluminense.

Paulistão
Do outro lado da Via Dutra, temos a segunda rodada do Paulistão. O Palmeiras viaja até Ribeirão Preto para o duelo com o Botafogo/SP, às 14h. O São Paulo tenta se recuperar da derrota na estreia contra o Novorizontino, às 16h*, no Morumbi. Não entendi até agora a opção de Dorival Júnior colocar a molecada na largada do campeonato. Já quer começar com pressão? Achou pouco a da temporada passada? Outro que pretende se recuperar do baque da primeira rodada é o Corinthians. O adversário será o São Caetano, no ABC, às 16h30. Na segunda-feira, 22, o Santos encara o Bragantino, às 17h*, na Vila Belmiro. Será o encontro da torcida com o novo comandante do peixe, Jair Ventura.

Ótimo domingo!

Assuntos desta notícia