Coluna Golaço – 24.01.2018 – Jornal A Gazeta

Coluna Golaço – 24.01.2018

Tudo normal
no Acreano 2018
A zebra passou longe do Florestão no último domingo, na abertura do Campeonato Acreano. A goleada do Atlético frente ao São Francisco, prevista pela maioria dos torcedores e especialistas, aconteceu. A enxurrada de gols (8×0), que levaram Anselmo e Araújo Jordão (ambos com 3 gols) a pedir música no Fantástico, da Rede Globo, deixou o torcedor atleticano empolgado, cheio de esperança. Na segunda partida, a falta de entrosamento dos atletas do Rio Branco e o goleiro do Andirá, Jhonnatas Matos, deixou o riobranquino meio receoso. Welton foi o responsável por trazer a tranquilidade ao semblante do torcedor. No final, o 3×0 deu um sossego a Cristian de Souza para tentar arrumar a equipe durante a semana.

Continua nesta quarta
A primeira rodada do Campeonato Acreano continua nesta quarta-feira, 24, com dois jogos na Arena da Floresta. Pelo Grupo A, o Plácido de Castro encara o Vasco, às 17h30, enquanto o Galvez enfrenta o Humaitá, a partir das 19h30, pelo Grupo B.

Acorda, FFAC
Pelo que se viu no domingo, no Florestão, será mais um campeonato estadual com pouca torcida. Não que isso seja exclusividade de terras acreana, mas o relaxamento da Federação de Futebol do Acre com o seu principal produto é lamentável. Percebe-se uma acomodação nos gestores do nosso futebol, uma espécie de “vamos fazer isso aqui só para dizer que tem”. Isso afugenta os torcedores e apequena os clubes que só disputam o torneio local.

Outros estaduais
No Campeonato Carioca, a Cabofriense recebe o Vasco nesta quarta-feira, 24, às 14h*, em Volta Redonda. O Vasco respirou na rodada do fim de semana (vitória por 4×2) e pretende vencer mais uma para esquecer os problemas fora de campo. Na Ilha do Urubu, às 16h30*, o Flamengo faz o duelo com o Bangu para encaminhar a classificação. No estádio do América, o Fluminense tenta recuperar o início ruim na competição (uma derrota e um empate) diante da Portuguesa, às 18h45*. O Botafogo entra em campo na quinta-feira, 25, às 16h30*, no Moacyrzão, contra o Macaé.
No Paulista, o Corinthians recebe a Ferroviária no Pacaembu, às 16h30*, para sair do incômodo terceiro lugar do Grupo A. O São Paulo também está na mesma posição no Grupo B, mas com apenas um ponto em seis disputados. A oportunidade de reação será diante do Mirassol, às 18h45*, na casa do adversário. Santos e Palmeiras fazem seus jogos na quinta-feira, 25, contra Ponte Preta e Red Bull, respectivamente. O jogo do Peixe será no Moisés Lucarelli, em Campinas, às 16h30*, enquanto o Verdão joga no Allianz Parque, às 18h*.
Em Minas Gerais, o Cruzeiro duela com Uberlândia, também nesta quarta-feira, 24, às 18h*, no Mineirão. Já o rival Atlético Mineiro encara o Vila Nova, na quinta-feira, 25, às 15h30*, fora de casa. No Rio Grande do Sul, a molecada do Grêmio tenta se reabilitar contra o Avenida, nesta quarta-feira, 24, às 16h30*, em Santa Cruz. Inter e Caxias duelam pela liderança no Centenário, às 18h45*.

Copa da Liga Inglesa
O clássico londrino Arsenal e Chelsea movimenta a semifinal da Copa da Liga Inglesa na tarde desta quarta-feira, 24, às 15h*, na casa dos Gunners. Na partida de ida, no Stamford Bridge, o 0x0 prevaleceu no placar. O vencedor encara o Manchester City na grande final.

Copa São Paulo de Futebol Júnior
São Paulo e Flamengo fazem a decisão da Copa São Paulo de Futebol Júnior nesta quinta-feira, 25, às 7h*, no Pacaembu. Tricolores (campeões em 1993, 2000 e 2010) e rubro-negros (campeões em 1990, 2011 e 2016) buscam o tetracampeonato.

Cueva, ponha-se
no seu lugar
Estava fechando a coluna quando pipocou nas redes sociais e sites especializados a notícia de que o atacante Cueva, do São Paulo, pediu para não ser relacionado para o jogo diante do Mirassol. A justificativa é que: “não seria titular”. Ora, ele virou um Rogério Ceni, um Hernanes, um Raí… para não querer a reserva? Se quiser a titularidade incontestável precisa mostrar serviço dentro de campo; do contrário, vá para o Alianza Lima, Sporting Cristal, Universitário. ueva pode até “mitar” na temporada, mas, atualmente, é um perigo para a boa relação do elenco.

Assuntos desta notícia