Coluna Política Local – 02.02.2018 – Jornal A Gazeta

Coluna Política Local – 02.02.2018

Azedou de vez
O clima entre Vagner Sales e Ilderlei Cordeiro azedou de vez depois que o atual prefeito de Cruzeiro do Sul exonerou seis secretários de sua gestão e que são ligados diretamente a Sales. A decisão causou revolta entre o grupo de Vagner Sales.

Gladson na jogada I
Comenta-se nos bastidores que a decisão de Cordeiro contou com o aval do pré-candidato ao governo, Gladson Cameli. A informação caiu como uma bomba no colo de Vagner Sales, tendo em vista que o progressista, em 2016, foi o articulador do apoio de Sales a Ilderlei Cordeiro.

Gladson na jogada II
Ao que parece, Gladson convenceu Vagner a apoiar Ilderlei Cordeiro abrindo mão da candidatura do presidente do MDB e procurador do município, Jonathan Donadoni.

Indicação de Gladson
Também foi creditado a Cameli uma parcela de culpa pelo rompimento entre Cordeiro e Sales. Tudo indica que a indicação do empresário Rudiley Estrela (PP) na disputa Câmera Federal foi de Gladson.

O que fará?
Resta saber o que Vagner Sales fará com essa informação. Manterá o apoio a candidatura de Gladson ou romperá de vez. Talvez o apoio do emedebista a pré-candidatura de Marcus Alexandre (PT) não seja tão impossível assim.

Apoiando a FPA I
Vale lembrar que o apoio dos ex-deputados Toinha Vieira e Zé Vieira, ambos do PSDB, ao prefeito Marcus Alexandre, na corrida à sucessão estadual, partiu de uma insatisfação com Cameli.

Apoiando a FPA I
Outro oposicionista que também já declarou apoio ao petista na disputa ao governo do Acre foi o ex-deputado Gilberto Diniz.

Será candidato
O fato de presidente nacional do DEM, senador Agripino Maia, ter dito que a sigla não tem interesse em ter candidatura ao Governo no Estado, não impedirá que o Cel. Ulysses Araújo se mantenha no pleito. Ainda tem o Patriotas ou PSL para se filiar.

Ulysses disse
“Vemos grupos tentando inviabilizar nossa candidatura. O povo tem direito de escolher. Quanto a ter partido para irmos, nós temos convites como o do Patriotas, PSL e outro que ainda estamos em conversa”, disse Ulysses Araújo.

No Alto Acre
O governador Tião Viana esteve ontem em Epitaciolândia, onde realizou a entrega de veículos e equipamentos de saúde e escritório para o município. Anunciou ainda a cessão de uma fábrica de asfalto para uso nas quatro cidades que compõem a região.

Investimentos
“São veículos para prestar serviço à população, além de equipamentos para ramais e saúde, fruto de um esforço em conjunto entre prefeitura, governo e parlamentares federais através de suas emendas, mostrando que é possível fazer um grande trabalho, principalmente através de união. E, com a usina de asfalto, os quatro prefeitos do Alto Acre vão ter uma agilidade de preparo da massa asfáltica e recuperação das suas ruas”, disse o governador.

Receberam
Só Epitaciolândia recebeu um conjunto náutico de embarcação com motor e moto para a assistência social do município, um caminhão coletor de lixo de menor modelo específico para ruas habitacionais, um carro para a Secretaria de Saúde e um caminhão caçamba, fruto de emenda do deputado federal César Messias.

A casa caiu
O ex-prefeito de Xapuri, Marcinho Miranda, foi condenado a devolver mais de R$ 700 mil aos cofres públicos por atos de improbidade administrativa. Ele teve bens bloqueados como medida acautelatória, no intuito de fazer com que as condenações pelas quais responde Marcinho, sejam cumpridas.

Servidores também
Além de Miranda, o Judiciário também decidiu bloquear os bens de seis servidores da prefeitura e cinco empresas que prestaram serviços à instituição.

Apoio declarado I
O deputado federal Raimundo Angelim (PT) declarou ser favorável à aprovação da PEC 14, de 2016, que altera o artigo 21 da Constituição Federal, acrescentando ao rol de competências da União a atribuição de organizar e manter a Polícia Penal.

Apoio declarado II
A proposta altera também o artigo 144, para incluir as polícias penais como órgão da segurança pública, entre outras medidas propostas.

Ele disse
“Os agentes penitenciários são recurso humano valiosíssimo para a segurança pública em nosso País. E a criação da Polícia Penal irá melhorar a segurança dos presídios e garantir uma melhor atuação dos profissionais envolvidos”, disse Angelim.

Assuntos desta notícia