Jornal A Gazeta

Coluna Política Local – 04.02.2018

A casa caiu
O Ministério Público protocolou nesta semana uma nova ação de improbidade administrativa contra Vagner Sales. Segundo o MP, Sales teria se utilizado da prerrogativa de prefeito para corromper candidatos a vereadores durante o último pleito municipal. Tudo em favor de Ilderlei Cordeiro.

Tentou comprar
Um áudio com Sales oferecendo R$ 5 mil e um cargo na prefeitura ao então candidato a vereador Clebison Freire (PSDB) na tentativa de convencê-lo a desistir da disputa para que o tucano apoiasse Ilderlei Cordeiro, fundamenta a ação do MP.

Traído e arrependido I
Vagner Sales não poupou esforços para eleger seu “afilhado” político. A recompensa que não foi a esperada. Além de ser alijado por Cordeiro, ainda terá que engolir alguns processos por contas de toda sua dedicação. Arrependimento deve ser a palavra de ordem na vida do emedebista no dia de hoje.

Denunciados
Também são denunciados pela promotoria por colaboração no esquema de compra de candidatos: Irlandio Souza da Silva Cordeiro; Edson Firmino de Paula (ex-presidente do PSDB em Cruzeiro) e Mario Vieira da Silva Neto, à época chefe de gabinete do Executivo em Cruzeiro do Sul.

Mal das pernas
Quem também está em maus lençóis é o ex-prefeito de Senador Guiomard, James Gomes. Ele vai responder na Justiça pelas irregularidades identificadas nas suas contas da administração pública. O Ministério de Contas, juntamente com o Tribunal de Contas do Estado (TCE) determinaram a devolução de pouco mais de R$ 32,5 milhões.

Disputa acirrada
A deputada estadual Leila Galvão (PT) está sendo cotada para ser a candidata mais votada na região do Alto Acre em 2018. Não duvido de sua força política, mas não podemos nos esquecer que ela terá os deputados Antonio Pedro (DEM) e Manoel Morais (PSB) como concorrentes. Dois candidatos de peso e que também possuem um belo trabalho naquela região. Será uma disputa acirrada.

Se fortalecendo
Meses atrás surgiu o burburinho nos bastidores de que a FPA havia acenado ao deputado Daniel Zen (PT) a possibilidade de ser candidato à prefeitura de Rio Branco, na eleição de 2020, pela sigla. Essa semana o assunto voltou a ser comentado.

Competente
O que se comenta nos bastidores é que a margem de votos na eleição deste ano o credenciará ou não para a disputa em 2020. Uma coisa é fato, competência ele tem de sobra para assumir o cargo.

Colou mesmo
Muitos deputados estaduais colaram suas campanhas nas andanças do prefeito Marcus Alexandre. Todos tentando tirar uma casquinha da popularidade do gestor.

Bom parlamentar
O vereador Eduardo Farias (PCdoB), com toda certeza, é um dos parlamentares mais preparados desta nova legislatura na Câmara de Rio Branco. A mansidão de sua voz em nada atrapalha o seu discurso. Foi um dos destaques no ano passado e tende a ser este ano novamente.

Vai sair
Muitos questionamentos em torno do futuro do deputado Eber Machado. Tempos atrás ele disse que estava apenas esperando uma brecha jurídica para poder deixar o PSDC e se filiar ao PDT, do ex-deputado Luiz Tchê.

Procurando um partido
Já se comenta que ele está à procura de outro partido. O motivo: a chapa está vindo com fortes candidatos.

Na Câmara
A única “certeza” que se tem é que ele concorrerá a uma vaga na Câmara Federal pela nova sigla. Pelo menos por enquanto.

Destaque na Aleac
Desta atual bancada parlamentar, os nomes que mais tem se destacado por exercer um mandato sem histerismo, mas com competência e qualidade, são os deputados Jesus Sérgio (PDT), Antonio Pedro (DEM), Lourival Marques (PT), Daniel Zen (PT), Gehlen Diniz (PP), Jenilson Leite (PCdoB) e Manoel Morais (PSBO).

Destaque na Câmara
Entre os vereadores que merecem destaque cito o Eduardo Farias (PCdoB), Rodrigo Forneck (PT), N. Lima (DEM), Artemio Costa (PSB), Emerson Jarude (PSL), Roberto Duarte (PMDB), Lene Petecão (PMDB) e Mamed Dankar (PT). Este último tem sido citado como a grata surpresa no parlamento municipal nesta legislatura.

Crescendo
A vereadora Elzinha Mendonça (PDT) tem conquistado o eleitorado por sua humildade e simpatia. É uma figura constante nos bairros, conversando e avaliando as demandas da população. Sem contar que tem fortalecido suas bases. Está em ascensão na política.