Coluna Política Local – 30.01.2018 – Jornal A Gazeta

Coluna Política Local – 30.01.2018

Em guerra I O deputado estadual Raimundinho da Saúde (Podemos) volta do recesso parlamentar preparado para a guerra. Seu foco está em derrubar o veto governamental ao anteprojeto de lei que regulamenta os servidores concursados ameaçados de demissão do Pró-Saúde.

Em guerra II
Raimundinho não está para brincadeira. Em entrevista a um site local afirmou que não recua da briga nem que isso lhe custe sua reeleição. Adotou o discurso de que prefere perder a eleição do que ir contra o povo. Não deixa de estar certo.

Ele disse
“Vou lutar para derrubar o veto do PL que evita demissões no Pró-Saúde e não sou candidato a mais nada”, disse Raimundinho da Saúde.

Está pronto
Sem dúvidas, 2018 será um ano de muitos desafios para o parlamentar. Ainda assim, Raimundinho se mostra confiante e está pronto para a briga.

Contra a candidatura
Muitos dirigentes democratas ainda não engoliram essa história do Cel. Ulysses sair candidato ao governo do Acre pela sigla. Em constantes reuniões têm declarado apoio à indicação de Alan Rick (DEM) como vice de Gladson. E pelo andar da carruagem, as pressões tendem a aumentar.

Reunidos novamente
Os democratas pretendem se reunir novamente na próxima quinta-feira, 1º. A pauta: definir o apoio à candidatura do senador Gladson Cameli (PP) ao Governo do Acre. O grupo espera a adesão de Tião Bocalom à ideia.

Apoio a Alan
A indicação de Alan Rick como vice na chapa majoritária da oposição também será pauta na reunião.

Na disputa
O pastor Arnaldo Barros confirmou que irá disputar as eleições desse ano pelo PRP. Seu foco é uma das cadeiras na Assembleia Legislativa e justifica seu objetivo.

No interior
O pré-candidato a deputado federal e presidente da Câmara de Rio Branco, Manuel Marcos (PRB), e a deputada estadual Juliana Rodrigues (PRB), que disputará a reeleição, são presenças constantes no interior do Acre. Aproveitaram o recesso para fortalecer alianças.

É candidato
A permanência de Marcio Bittar (MDB) na disputa ao Senado será o próximo capítulo na história de desavenças dentro da oposição. O presidente do PSDB, Major Rocha, já mostrou que vai lutar com unhas dente contra a decisão.

É contra
O tucano não aceita o fato de Bittar causar um tsunami na oposição e simplesmente sair ileso. Se isso acontecer, já anunciou que vai trabalhar duramente contra o emedebista. Irá fazer campanha em todos os municípios contra a candidatura de Bittar.

E volta ao DEM
Comenta-se que Alan Rick já teria convidado o ex-deputado Jamyl Asfury para disputar uma vaga na Câmara Federal pela sigla. O democrata trabalha com a hipótese de Tião Bocalom sair do partido caso perca a presidência. O que provavelmente ocorrerá.

El brujo do tempo
Nos bastidores da política o que se comenta também é que o meteorologista Davi Friale foi convidado para integrar a chapa majoritária do PRTB. Ele seria o indicado para ser vice do pré-candidato ao Governo do Acre, Lyra Xapuri.

Avaliando a possibilidade
Friale pretende se filiar ao partido nos próximos dias, mas não descarta se candidatar a deputado estadual.

Caminho difícil
A deputada federal Jéssica Sales (PMDB) terá um caminho mais tortuoso nessa eleição. Embora esteja fazendo um bom mandato, não terá mais na sua reeleição a máquina da prefeitura de Cruzeiro do Sul trabalhando em sua campanha. Terá que buscar outra estratégia para vencer a disputa.

Prioridade
A reeleição dos deputados federais Léo de Brito e Raimundo Angelim será uma das prioridades do PT na eleição deste ano.

Chapinha dos nanicos
O PT tenta trazer ao chapão os candidatos a deputado federal Henrique Afonso (PSL), Eber Machado (PSDC), Jesus Sérgio (PDT), Manuel Marcos (PRB), Silvia (PSB), Neto Ribeiro (PHS), Cristovão Pontes (PDT). Todos compõem a chapinha dos nanicos.

Assuntos desta notícia