COM BRÓCOLIS: “Estamos essencialmente vivendo pouco e morrendo muito” – Jornal A Gazeta

COM BRÓCOLIS: “Estamos essencialmente vivendo pouco e morrendo muito”

Image-1Texto de Lucas Oliveira*

“Segundo Dr. Myron Wentz essa é uma realidade a qual devemos refletir!”

Ao longo desses últimos sete anos estudando sobre medicina preventiva, medicina funcional, nutrição funcional, desempenho físico e esportivo, projeto genoma e os avanços tecnológicos, observo o grande dilema vivido pela humanidade que aumenta sua expectativa de vida, porém passa grande parte desse tempo doente ou sem a vitalidade necessária para a construção de uma vida longeva.

Avançamos na área da ciência e tecnologia e perdemos no campo da sustentabilidade e qualidade de vida.

A onde estamos errando?

A medicina levou cerca de dez mil anos para chegar à década de 80 e início dos anos 90 acreditando que o envelhecimento era resultado de um fator biológico com base no passar do tempo. Esse foi o dogma classificado como idade cronológica, permitindo-nos dividir a vida em partes e ser capaz de definir as fases que levam os seres humanos ao final dos seus dias.

Uma década depois (em 14 de abril de 2003), a ciência concluiu com sucesso o sequenciamento de 99% do genoma humano, com precisão de 99,99%. Este acontecimento proporcionou a partir de então, um avanço científico extraordinário capaz de projetar os estudos, a uma velocidade que duplica esses dez mil anos da medicina nos próximos 5 a 10 anos, no que tange a expectativa de vida das pessoas com maior qualidade envelhecendo de uma maneira diferente.

Passamos então a entender sobre idade biológica e como torna-se possível aumentarmos nossa expectativa de vida, através do desenvolvimento de programas de manutenção preventiva junto a possibilidade de viver com menores comorbidades, classificadas como doenças degenerativas crônicas.

Pela primeira vez na história da humanidade tempos a oportunidade de nos mantermos jovens por mais tempo do que o metabolismo parecia nos permitir.

Fatos como esses me atentaram para as sinalizações de alguns cientistas a partir de 2007, com base nas comprovações observadas pelos estudos no campo da epigenética, nanotecnologia, tratamentos com células troncos, desenvolvimento de produtos na área da suplementação alimentar, tratamentos dermatológicos, tratamentos estéticos e posiciona-mento de estilo de vida, fatores concomitantes para o desenvolvimento do bem-estar e longevidade na era moderna.

Segundo o geneticista inglês Dr. Aubrey D.N.J. de Grey, um dos nomes de vanguarda da gerontologia de resultados no mundo (ex -pesquisador de inteligência artificial na Universidade de Cambridge na Inglaterra e Ph.D em biologia), o processo de decadência do corpo humano possui três estágios definindo pelo mesmo como SENS (Strategies for Engineered Negligible Senescence), algo como “estratégias para a engenharia de senescência irrisória” ou processo natural de envelhecimento celular.

De acordo com Grey o primeiro estágio, observa-se que o fluxo de processos químicos no organismo causa danos graduais aos 100 trilhões de células do nosso corpo. O segundo estágio demonstra o processo de deterioração celular e o terceiro, leva essa deterioração ao desenvolvimento de patologias crônicas (doenças degenerativas).

Esses fatores baixam a expectativa de vida da nossa geração, mas as biotecnologias propostas entram para consertar esse problema como se fosse uma manutenção do organismo e ilustra esse processo da seguinte forma:

“ Imagine um carro, a maioria dos automóveis duram entre cinco e dez anos, porém existem carros de colecionadores com oitenta e noventa anos em perfeito estado”.

Somos como máquinas potencialmente consertáveis, o que é extraordinário, mas mesmo em meio a todos esses avanços tecnológicos ainda dependemos dos fatores naturais e das nossas escolhas, pois no último milênio o nosso DNA praticamente não mudou, mas sim a forma de viver do homem.

Grey afirmou dezesseis anos atrás através de seus estudos e pesquisas, que no futuro ainda morreremos, mas não de pneumonia, câncer ou patologias classificadas como mortais, pois não estaremos livres de acidentes de carro, homicídio e suicídio, onde os processos biotecnológicos apresentarão um efeito rejuvenescedor proporcionando maior expectativa de vida as pessoas.

Não sei se você percebeu, mas já vivemos o início desses dias, pois atém de contarmos com a atuação de médicos generalistas e vanguardistas atuando no país através da medicina preventiva, já dispomos de inúmeros produtos e tratamentos no Brasil e exterior que te possibilita prolongar seus dias com saúde, longevidade, segurança e disposição para viver por muitas décadas.

Não deixe de investir no seu maior patrimônio (sua saúde), pois a mesma junto à vontade de Deus são as únicas coisas que poderão te proporcionar vida em totalidade.

“Você faz suas escolhas e suas escolhas fazem você .”

Lucas Oliveira*
Health and Performance Consultor CREF: 051944-G/SP

Nutri
Image-2A Verde Vida, pensando no seu bem estar e melhor qualidade de vida, informa que entre os dias 23 a 27 de maio, a nutricionista e nossa parceira @carlacamil atenderá em nossa cidade, na Fast Fitness Academia.

A consulta engloba avaliação antropo-métrica (peso, altura, circunferências, dobras cutâneas) estudo alimentar, exames laboratoriais, uso de fitoterápicos e suplemento alimentar (se necessário), elaboração de plano alimentar individualizado (dieta), E plano de meta para o mês. Na primeira consulta o paciente terá um desconto de 15%.

Não deixe para amanhã o que pode começar de agora. Agende já sua consulta, restam poucas vagas.

Assuntos desta notícia