Com gol aos 44 minutos do segundo tempo, brasileiras vencem a China por 3 a 0

Postado em 03/08/2016 21:44:41 Agência Brasil

O Brasil venceu a China por 3 a 0 na primeira partida da seleção feminina de futebol, com direito a gol aos 44 minutos do segundo tempo.  A partida começou às 16h e terminou às 17h50, no estádio do Engenhão, no Rio de Janeiro. As brasileiras ainda enfrentarão a Suécia e a África do Sul.

O Brasil abriu o placar aos 36 minutos do primeiro tempo. O gol foi da camisa 3 da seleção, a zagueira Mônica, que cabeceou a bola na área. No final do primeiro tempo, já na prorrogação, aos 47 minutos, um susto, Fabiana recuou a bola de cabeça, mas não percebeu a saída de Bárbara e quase fez um gol contra. Com um placar de 1 a 0, as jogadoras brasileiras saíram do campo aplaudidas.

Aos 13 minutos do segundo tempo, o segundo gol, marcado por Andressa Alves.

Andressinha abriu na direita para Marta, que passou para Andressa Alves. Livre, a atacante fez o gol. Aos 36 minutos do segundo tempo, Marta,  aclamada pela torcida, foi substituída pela atacante Débora.

Já no final do segundo tempo, aos 44 minutos, foi a vez do gol de Cristiane, que fechou o placar de 3 a 0 sobre as chinesas. Andressinha cobrou falta na área, e Cristiane, de cabeça, fez o terceiro da seleção brasileira.

A partida ocorre antes mesmo da abertura oficial dos Jogos Olímpicos, que será nesta sexta-feira (5), no Maracanã. Depois da partida contra a China, as brasileiras ainda enfrentam a Suécia no dia 6 às 22h, no Estádio Nílton Santos, no Rio; e a África do Sul, no dia 9, às 22h, na Arena Amazônia, em Manaus. Ao todo, doze seleções disputam o torneio de futebol feminino na Olimpíada.

Afirmação

Para o Brasil, mais do que um título inédito, as jogadoras da seleção veem na Olimpíada uma forma de conseguir a afirmação definitiva da modalidade no país. Por enquanto, os números mostram uma realidade diferente: das 18 convocadas para os jogos, 13 jogam no exterior e cinco fazem parte da seleção permanente, projeto criado no início de 2015 com o objetivo de garantir um bom resultado nos Jogos Olímpicos.

A Olimpíada também marca, para a seleção, a despedida da capitã da seleção brasileira, Formiga. Aos 38 anos, ela vai encerrar a carreira após a disputa da sexta edição dos jogos.

editorial

Uma boa medida

 

Como este jornal mostrou na edição de domingo, pelo menos, aqui, no Estado, as autoridades de segurança estão tomando medidas para evitar as chacinas que vêm se sucedendo em diversos estados com as disputas entre as famigeradas facções e, ao mesmo tempo, prevenindo e combatendo a criminalidade aqui fora com ...

Leia mais...

clima

Rio Branco - AC
agazetanofacebook