Conheça os ‘digitais influencers’ que fazem sucesso nas redes sociais no Acre – Jornal A Gazeta

Conheça os ‘digitais influencers’ que fazem sucesso nas redes sociais no Acre

 

Se você está nas redes sociais, já deve ter ouvido falar em nomes como Whindersson Nunes, Thaynara OG e Kéfera. Essas personalidades, conhecidas por atrair milhares de seguidores, são consideradas ‘digital influencer’ ou, em português, influenciador digital.

Mas, o que faz um digital influencer? A resposta é fácil. Essas pessoas são produtoras de conteúdo e utilizam suas redes sociais para influenciar comportamentos tanto na internet como fora dela, sempre interagindo com o público.

Acompanhando a mudança de como as pessoas consomem informações e produtos, o digital influencer, em pouco tempo, passou de hobby para um tipo de profissão. Em 2017, uma universidade brasileira criou a primeira graduação em Digital Influencer. As primeiras turmas começaram em janeiro deste ano.

Os influenciadores digitais trabalham, falam e vivem do que gostam. Este deve ser o fator mais importante da vida desses profissionais. Afinal, quem não gostaria de trabalhar com o que gosta? Falar sobre um assunto que lhe atrai, seja moda, gastronomia ou fotografia, gera conteúdos incríveis. Quanto mais ‘likes’ mais seguidores e, por conseguinte, mais visibilidade e alcance.

No Acre, vários ‘influencers’ estão fazendo sucesso tanto nas ruas, como nas redes sociais. O Jornal A GAZETA conversou com algumas personalidades acreanas que estão dando o que falar no mundo online.

KAILANE AMORIM

A Miss Acre 2017, Kailane Amorim, 23 anos, entrou nesse universo digital em 2014 quando participou pela primeira vez do concurso de beleza. Na época, ela não venceu o concurso, mas ganhou muitos seguidores e decidiu apostar na área.

“Eu já trabalhava como modelo desde 2011 e as lojas pediam pra eu postar. Até que um dia vi que postar dava trabalho, então, resolvi me profissionalizar e cobrar por isso. Hoje, amo o que faço e é mais gratificante ainda quando vejo o retorno que dou aos meus parceiros”.

Com quase 55 mil seguidores no Instagram, a jovem fala sobre moda, beleza, gastronomia, entretenimento e educação. Basta postar uma foto e em pouco tempo uma chuva de likes é registrada em sua conta.

Kailane quebra o silêncio e revela o que muita gente quer saber: dá pra ganhar dinheiro como digital influencer no Acre? “Posso dizer que sim. Mas tudo demanda um tempo, como tudo na vida. Nada acontece de um dia para o outro. Tem que ter muita paciência, tem que produzir conteúdo de qualidade e tornar isso como uma profissão, não como um hobby. Mas o que faz de verdade você continuar nesse meio é você vender os produtos e serviços do contratante”.

Sobre a interação com os seguidores, a jovem diz amar a troca de experiências. “Converso com meus seguidores, dou conselho e sou aconselhada. É muito bacana isso! No início, as pessoas tinham vergonha de falar comigo, aí sempre que eu chegava em casa de algum lugar, recebia mensagem do tipo: Te vi em tal lugar mas fiquei com vergonha de falar. Aos poucos estou tentando tirar isso, hoje  muitos vêm falar comigo, tirar fotos, conversar…. E é muito gratificante conhecer quem faz meu trabalho acontecer”.

FABI NEUBURGER

A blogueira Fabiana Neuburger, 21 anos, é outra personalidade que faz sucesso com o público feminino. Ela é dona de um dos maiores Instagrams de unhas do Brasil, o @DicasDeUnhas, que possui 660 mil seguidores. O sucesso na rede social atraiu seguidores para a sua conta pessoal, hoje com mais de 40 mil seguidores.

“Não acho que ser Digital Influencer seja uma profissão, influência está mais ligada ao efeito que você causa na vida das pessoas com a tecnologia que você utiliza. Sou blogueira, tenho blog há pouco mais de cinco anos, falo sobre tudo que faz parte da minha vida, as coisas que amo no mundo da beleza e tudo o que envolve o universo feminino de um modo geral”.

Engana-se quem acha que Fabi não imaginava chegar tão longe. A popularidade de blogueira e digital influencer crescendo diariamente é a realização de um sonho. “Eu sonhei com tudo isso, me dedico diariamente, tenho respeito pelo que faço e principalmente pela galera que me acompanha. Trabalho todos os dias para isso e quando você se dedica a fundo em algo, não tem como dar errado. Mas tem que fazer por e com muito amor”.

Assim como artistas famosos, o influenciador digital também tem seus fãs. Os encontros e situações inesperadas fazem parte da rotina desses profissionais. “É um carinho imensurável. Uma vez eu estava andando na calçada e uma menina atravessou a rua correndo e me falou: Fabí, eu preciso te abraçar! Eu te adoro! Outro dia eu estava na faculdade e uma menininha veio correndo e me abraçou. É engraçado porque às vezes eu esqueço que tenho isso tudo na internet, saio normalmente e quando menos espero sou surpreendida, a ficha demora pra cair. É aí que a gente percebe o quanto somos queridos, sabe? A gente não imagina o efeito que causa na vida das pessoas. E se for para eu influenciar, vai ser da melhor forma possível”.

 

JÉSSICA INGREDE

Uma das grandes apostas dos influenciadores digitais é o humor. E como falar de humor sem mencionar os stories de Jéssica Ingrede? A acreana faz sucesso no Instagram compartilhando sua rotina de uma forma bem humorada. Impossível não “rachar de rir” com seus vídeos.

Com mais de 15 mil seguidores, a jovem dá dicas fáceis e econômicas que vão desde como fazer em casa acessórios para o Carnaval até receitas de bolos. E os fãs adoram assistir aos seus vídeos.

“Tenho uma relação bem próxima com meus seguidores, compartilhando meu dia a dia e conversando por direct. Quando a gente se encontra, mesmo que nunca tenha visto pessoalmente, parece que nos conhecemos”.

A ‘influencer’, que parece estar 24 horas por dia online, recorda como tudo começou. “Foi algo bem natural e surpreendente pra mim. Eu tinha perdido um irmão e estava muito triste, até que pensei em fazer algo para poder me distrair. Foi quando comecei a fazer os vídeos no Instagram”.

Atualmente, Ingrede e o esposo estão desempregados e vivem somente da renda vinda das parcerias feitas pelo Instragam. Questionada sobre possíveis críticas ao seu trabalho, ela diz absorver apenas aquelas construtivas. “As vezes as pessoas te criticam só de te ouvir falar”.

IGOR MARTINS

Outra figura que faz sucesso com seus vídeos bem humorados é Igor Martins, conhecido como o “Maninho do Acre”. Dono do canal ComIgor TV, o youtuber e jornalista possui mais de 13 mil seguidores no Instagram, e costuma levantar questionamentos polêmicos e cômicos nas redes sociais.

“Sempre fui uma pessoa muito ativa nas redes sociais, sempre tive muita gente me seguindo e achando legal o que eu fazia. As pessoas sempre me perguntavam por que eu não criava um canal no Youtube, foi quando eu surgi profissionalmente na internet. Depois veio o boom do Snapchat e Instagram e eu comecei a fazer stories. E tudo começou com as pessoas dizendo que eu era muito engraçado, comunicativo, e eu comecei a fazer”.

Em seus vídeos, o “Maninho do Acre” dá dicas tecnológicas, de decoração e econômicas. Além disso, peculiaridades e costumes acreanos sempre estão em pauta. E apesar do sucesso, ele não pensa em abandonar seu trabalho para viver apenas como digital influencer.

“Ainda existe uma resistência muito grande, agora que as pessoas estão percebendo a importância da influência digital para o marketing e sucesso de uma comunicação mais eficaz e de vendas. Geralmente fecho parcerias com tipos de produtos que uso no meu dia a dia porque se forem coisas fora disso, não é algo meu. Não é real”.

Igor afirma que para ser um influenciador digital não é preciso ter uma vida tão interessante, como a maioria das pessoas pensam. “Tenho um dia a dia de uma pessoa comum, de 31 anos, que trabalha como uma pessoa qualquer. Temos momentos de glamour e momentos de faxinar a casa, e é isso que eu registro. Mas, claro, não registro tudo da minha vida e me preservo em alguns aspectos porque a gente continua tendo a nossa vida pessoal, e nem tudo precisa ser dividido”.

PABLO CHARIFE

Há pouco tempo nesse mundo digital, Pablo Charife, 30 anos, é sinônimo de irreverência e personalidade forte, e já contabiliza quase 12 mil seguidores no Instagram. Com o cabelo platinado, ele atrai cada vez mais seguidores, com seus vídeos cheios de humor.

Uma das suas marcas registradas é se filmar cantando no chuveiro. E quando o assunto é família, a sua relação de amor e ódio com o irmão, Vinícius Charife, é garantia de boas gargalhadas. Pablo também é conhecido pelo amor incondicional por unicórnios.

O influenciador recorda algumas situações que marcaram o início da sua vida profissional. “Quando platinei o cabelo foi engraçado. Alguns amaram, outros vieram no direct falar pra eu ficar moreno. Já quando fiz um vídeo com pijama e pantufa de unicórnio, as pessoas me paravam na rua pra falar. Uma vez um gritou “unicórnio” do carro quando me viu. Eu amo unicórnios”.

Assim como a maioria dos digitais influencers, Charife começou a produzir conteúdo devido ao fato de ser muito comunicativo. “Comecei a mostrar nas redes sociais os lugares que eu frequentava. Com isso, alguns empresários começaram a me procurar para que eu fosse visitá-los”.

 

 

 

 

 

 

Assuntos desta notícia