Defesa de Lula pede que Sergio Moro libere esteira dentro da cela – Jornal A Gazeta

Defesa de Lula pede que Sergio Moro libere esteira dentro da cela

Os advogados de Lula apresentaram ao juiz Sergio Moro um pedido para que libere a entrada de uma esteira na cela em que está o ex-presidente, dentro da carceragem da Polícia Federal. A alegação é de que Lula tem recomendação médica de fazer caminhadas, o que é impossível dentro do espaço a que está confinado.

A sede da Polícia Federal conta com uma varanda no andar em que Lula está preso. Em teoria, é ali que Lula pode esticar as pernas e tomar banho de sol. Já existe autorização para que Lula receba a visita dos filhos. No entanto, o ex-presidente, até ontem, ainda não quis utilizar suas duas horas de banho de sol por dia. E também não expressou este desejo de ver a família. As visitas, quando acontecerem, deverão ser em qualquer dia com exceção da quarta-feira, quando ocorre a visitação para outros presos da Operação Lava Jato.

Segundo a presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, em declaração ao blog na noite desta terça, Lula passou o dia bem nesta terça, feliz com a visita de nove governadores, mas irritado por não terem deixado que eles o visitassem.

“O que estamos tentando agora é a entrada da esteira, por razões médicas”, afirma Gleisi. Ela diz que também pediu liberação para entrar com mais frequência na carceragem por ser a presidente do partido. “Afinal, ele é nosso candidato”, diz Gleisi.

Assuntos desta notícia