E as rodovias, também

Postado em 05/05/2017 23:09:31

Além das questões ambiental, segurança nas fronteiras e outras, a sociedade espera que os governadores da Amazônia, reunidos em Porto Velho, nos últimos dois dias, façam uma cobrança firme ao Governo Federal dos recursos necessários para a conservação das rodovias federais a cargo do Dnit.

No caso do Acre, o governador Tião Viana tem alertado várias vezes que a BR-364 até Cruzeiro do Sul, está em situação precária e pode fechar de vez, se o Dnit não dispuser dos recursos necessários para fazer a recuperação, jogando por terra um esforço que o Governo do Estado vinha fazendo desde 2011, ao manter a estrada aberta de inverno a verão.

Porém, não é ó o caso do Acre. Políticos e a população de Rondônia também estão reclamando da precariedade em que se encontra a mesma BR-364 e não deve ser diferente com as rodovias de outros estados da região amazônica.

Na verdade, os governos da Amazônia precisam levantar a voz e tomarem posições mais firmes diante do atual Governo Federal, que até agora não tem acenado com um gesto sequer para as questões da região, ignorando que aqui vivem mais de 30 milhões de brasileiros com os mesmos direitos dos paulistas, paranaenses e outros. Ou tomam posição ou passarão o resto dos dias que lhe restam de pires na mão, implorando por favores em Brasília.

editorial

Não há como ignorar

 

Não como ignorar ou negar – e o próprio secretário de Segurança Pública admite- que nos últimos dias houve nova investida das famigeradas facções criminosas com vários homicídios tanto na Capital como em algumas cidades do interior, onde até um aluno teria sido morto dentro da sala de aula. Porém, não ...

Leia mais...

clima

Rio Branco - AC
agazetanofacebook