É preciso insistir – Jornal A Gazeta

É preciso insistir

Dando sequência ao encontro que realizaram aqui em Rio Branco, o governador Tião Viana e governadores de outros estados se reuniram ontem em Brasília com os presidentes do Senado e da Câmara e com o ministro da Segurança Institucional, Sergio Echtgoyen para debater o problema da criminalidade que tomou conta do país.
Os governadores voltaram a insistir na criação urgente de um Plano Nacional de Segurança Integrado com os estados e também na criação de um Fundo Nacional para a liberação de recursos no combate ao narcotráfico nas fronteiras e o contrabando de armas, que está alimentando a criminalidade sob o comando das facções criminosas.
Embora pouco se possa esperar do atual Governo Federal, que começa a ser abandonado até pelos seus cúmplices do golpe, é preciso insistir na criação desses dois projetos fundamentais para o combate ao crime.
Alguns estados, como o Rio de Janeiro, por exemplo, já perderam o controle sobre a criminalidade e seus habitantes estão entregues à própria sorte, vítimas e alvos dos disparos de fuzis na disputa pelo tráfico de drogas entre as facções. Centenas de policiais foram mortos e escolas são obrigadas a fechar suas portas com medo das balas perdidas.
Pelo sim, pelo não, os governadores estão fazendo a sua parte. Agora, é esperar e cobrar que o Governo Federal faça a sua. A situação passou dos limites.

Assuntos desta notícia