Esperando o que?

Postado em 17/05/2017 23:56:00

A prefeitura da Capital e a Câmara dos Vereadores precisam, com urgência, chamar os taxistas, mototaxistas e categorias afins para um debate sobre as atividades de cada um e estabelecer uma legislação para disciplinar o funcionamento dessas atividades.

O que vem se verificando é que dia sim, dia não, uma ou outra dessas categorias, sem nenhum aviso prévio, estão bloqueando ruas e avenidas no Centro da cidade, transformando o trânsito, que já não é bom, em verdadeiro caos, impedindo o elementar direito da sociedade de ir e vir para a execução dos seus diversos afazeres.

E agora, para completar e agravar o problema, os taxistas estão se insurgindo e protestando também contra o ingresso do Uber, essa nova modalidade de transportes de passageiros que também gerou polêmica em outras Capitais, mas acabou sendo regulamentada.

Convém lembrar que todas as categorias têm direito ao trabalho para garantir a própria sobrevivência e de suas famílias, sobretudo, nesta conjuntura de crise econômica e social que, ao contrário, do que quer fazer crer o Governo imposto, só tende a se agravar a cada mês.

Contudo, neste caso específico do transporte, é preciso que se estabeleçam regras claras, através de uma legislação específica e esta é uma tarefa da prefeitura e da Câmara Municipal, que não pode mais ser postergada.

editorial

O que mais se temia

 

Confiante de que já tenha “comprado”, através das emendas parlamentares, os votos necessários para se livrar da cassação por conta das graves denúncias de corrupção, o presidente Michel Temer e seus ministros da área econômica começaram a deflagrar aquilo que a sociedade brasileira mais temia: o aumento de impostos. Como se ...

Leia mais...

clima

Rio Branco - AC
agazetanofacebook