“Eu o abracei muito”, disse o pai de Bruno Borges após o jovem voltar para casa

Postado em 11/08/2017 17:15:52 BRUNA MELLO e BRENNA AMÂNCIO

O mistério chegou ao fim. O estudante Bruno Borges, desaparecido desde o dia 27 de março, reapareceu quase dois meses após o lançamento do seu primeiro livro, que aconteceu no dia 20 de junho. A informação foi confirmada pelo pai do jovem, o empresário Athos Borges.

“Ele voltou. Por enquanto é tudo o que posso dizer, pois ainda não conversamos”, disse o pai ao Jornal A GAZETA na tarde desta sexta-feira, 11. Athos garantiu que conversaria com a imprensa sobre o retorno do filho neste sábado, 12.

Por telefone, o empresário aparentava uma voz animada. Apesar de afirmar ainda não saber o que aconteceu com o filho durante os cinco meses ausente de casa, ele não perdeu a chance de matar a saudade. “Eu o abracei muito”.

Segundo um amigo da família que conversou com o pai de Bruno, o jovem teria chegado em casa a pé e sozinho. Mais magro e barbudo, ele aparenta estar bem de saúde.

“Não teve nenhum problema de saúde, nenhuma dor de cabeça sequer. Ele veio caminhando, apertou a campainha e não tinha ninguém pra atender. Ficou um tempo lá fora até alguém aparecer”, disse o amigo.

O jovem não quis contar onde esteve durante esses cinco meses, mas deve falar com a imprensa nos próximos dias. Sobre os boatos de que Bruno só concederia entrevista para a rede Globo, o amigo rebate: “Ele não pode fugir das entrevistas. A única coisa que ele diz é que não quer a Globo”.

 Não há crime

De acordo com o delegado responsável pelo caso, Alcino Júnior, o estudante deve ser ouvido nos próximos dias. Além disso, a família também não deve ser responsabilizada já que o desaparecimento foi voluntário e não constitui crime.

Durante entrevista coletiva na tarde de ontem, o delegado garantiu que não há crime no sumiço de rapaz. “Que fique claro também que o aparecimento do Bruno não traz nenhuma consequência jurídica. Talvez tenha trazido uma movimentação social, consequência social, mas não consequência jurídica, até porque o ordenamento brasileiro não vê nenhum tipo de crime para quem se ausenta voluntariamente.”

A Polícia Civil do Acre finalizou a investigação sobre o desaparecimento do estudante após suspeitar de uma jogada de marketing. Durante as investigações, o delegado teve acesso a um contrato intitulado de “Contrato de sociedade no projeto Enzo com lançamento de 14 obras”, que determina o benefício de 15% do faturamento bruto das 14 obras aos envolvidos.

O livro

O primeiro livro do estudante intitulado “TAC – Teoria de Absorção de Conhecimentos” é um dos mais vendidos no país.

Numa das mais tradicionais livrarias de Rio Branco, o livro tem sido bastante procurado, segundo os vendedores. Além disso, muita gente preferiu fazer download da obra logo após o lançamento.

Antes de sumir, o jovem deixou no seu quarto uma estátua de 2 metros do filósofo Giordano Bruno, mensagens nas paredes e 14 livros criptografados. Desde então o sumiço do estudante acreano tem sido destaque na mídia nacional.

Bruno Borges reapareceu quase dois meses após o lançamento do seu primeiro livro

 

editorial

Tudo a ver

 

Agora, não é mais um político da oposição que está afirmando. É o comandante do Exército Brasileiro, general Eduardo Villas Boas, que está alertando que os sucessivos cortes que vem sendo feitos elo Governo Federal chegaram a tal ponto que comprometem a segurança nas fronteiras. Esses cortes são tão perversos que, ...

Leia mais...

clima

Rio Branco - AC
agazetanofacebook