Explicação de vida – Jornal A Gazeta

Explicação de vida

Ponto para a Polícia Federal que, em parceria com o Ministério Público Estadual, desarticulou uma quadrilha que atuava no tráfico de drogas e contrabando de armas, lavagem de dinheiro e financiamento de veículos no município de Brasiléia com ramificações no Estado.
Intitulada de “Capone”, em referência ao grande mafioso Al Capone, o grupo criminoso era formado por elementos que ostentavam riqueza através e veículos de alto valor no mercado, adquiridos através de lavagem de dinheiro, obtido, supostamente, pelo tráfico de drogas e contrabando de armas na armas.
Para alguns políticos que ainda insistem, estupidamente, em atribuir o aumento do índice de criminalidade às forças de segurança do Estado, esta operação é a explicação devida.E, apesar dos esforços que vêm sendo feitos, a diminuição desses índices só seria possível se mais operações dessas fossem realizadas pela Polícia Federal, que é uma de suas primeiras atribuições e obrigações.
Aliás, seriam operações desse tipo e outras atividades correlatas que os governadores da região amazônica e mesmo de outros estados, reunidos, recentemente, aqui em Rio Branco, exigiram do Governo Federal através da implantação de um Plano Nacional Integrado de Segurança e recursos para executá-lo. Até agora, pouco ou nada se viu desse plano e nem se verá de um Governo acusado de “organização criminosa”.

 

Assuntos desta notícia