Falta empatia

Postado em 18/10/2016 00:10:28 BRENNA AMÂNCIO

A semana começou com a notícia do corte de 545 cargos em comissão e de função comissionada na administração do governo do Acre. O anúncio foi feito pelo governador Tião Viana, acompanhado pelos secretários de Estado da Fazenda, Joaquim Manoel Mansour, e de Gestão Administrativa, Sawana Carvalho.

Essa notícia foi lida de formas distintas por algumas pessoas. Enquanto um grupo lia: “545 pessoas desempregadas no Acre”, outro comemorava e zombava com palavras do tipo “545 vagabundos a menos”.

Sim, essa generalização é dura, mas foi isso o que li nas redes sociais e ouvi pelas rodas de conversa o dia inteiro.

Enquanto mais de 500 famílias são atingidas diretamente por um corte alto como esse, parte da população soltava fogos e destinavam a esses as palavras mais baixas e desprezíveis que se possa imaginar.

Deve ser difícil para um trabalhador, que tem casa e família para sustentar, ter que passar por esse tipo de humilhação. Ficar desempregado todos nós estamos sujeitos. Porém, ser motivo de piada e zombaria por gente que nem conhece o seu trabalho e tão pouco a sua pessoa, é pedir para parar o mundo e descer dele, porque é duro.

A medida do governador foi sensata diante de um momento de crise como o que o país enfrenta. Até mesmo representantes da oposição ou simpatizantes concordaram com a ação. Mas essa não é a questão.

O problema é a falta de empatia, o prazer com a desgraça alheia, a cegueira causada por rixas partidárias, e o desprezo pela dor do próximo.
Até mesmo os bons profissionais podem sofrer para conseguir emprego devido à crise financeira que é real.

Espero que essas pessoas consigam se restabelecer no mercado de trabalho e espero ainda mais viver para ver o dia em que a iniciativa privada seja mais forte no Acre e que os empregos não fiquem acumulados apenas no serviço público.

 

editorial

Dias de incertezas e turbulência

 

A sociedade brasileira precisa se preparar para dias de intensa turbulência política com o julgamento pelo Tribunal Superior Eleitoral da chapa Dilma-Temer, que deverá começar na próxima semana. Ontem mesmo, o Ministério Público Eleitoral já emitiu parecer favorável à cassação e alguns analistas políticos mais isentos, juristas e até ministros do ...

Leia mais...

clima

Rio Branco - AC
agazetanofacebook