Faltando oito dias para o fim do prazo mais de 40,6 mil acreanos já entregaram o imposto de renda

Postado em 20/04/2017 15:55:03 BRUNA LOPES

 Faltando pouco mais de uma semana para o fim do prazo de envio, a Receita Federal no Acre informa que 40.634 contribuintes já entregarama declaração do Imposto de Renda 2017. O órgão aguarda pela entrega de pelo menos 75 mil declarações acreanas. O dado é referente às declarações entregues até quarta-feira, 19.

O prazo para envio começou em 2 de março e termina no dia 28 de abril. O ideal é não deixar para última hora. Se deixar para a última hora, há risco de a página da Receita congestionar e não conseguir entregar o documento. Também pode faltar algum documento e não haver tempo suficiente para conseguir obter uma nova via.

A expectativa da Receita Federal é de receber 28,3 milhões de declarações neste ano. A multa para o contribuinte que não fizer a declaração ou entregá-la fora do prazo será de, no mínimo, R$ 165,74. O valor máximo correspondente a 20% do imposto devido.

Os contribuintes que enviarem a declaração no início do prazo, sem erros, omissões ou inconsistências, também receberão mais cedo as restituições do Imposto de Renda. Idosos, portadores de doença grave e deficientes físicos ou mentais têm prioridade.

As restituições começarão a ser pagas em 16 de junho, e seguem até dezembro, para os contribuintes cujas declarações não caíram em malha fina.

De acordo com a Receita Federal, deverá declarar, neste ano, o contribuinte que recebeu rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 em 2016. O valor subiu 1,54% em relação ao ano passado, quando somou R$ 28.123,91 (relativos ao ano-base 2015), embora a tabela do Imposto de Renda não tenha sido corrigida em 2016.

Quem optar pelo desconto simplificado, abre mão de todas as deduções admitidas na legislação tributária em troca de uma dedução de 20% do valor dos rendimentos tributáveis, limitada a R$ 16.754,34, mesmo valor do ano passado.

 

editorial

Sem mais condições

 

Um dos primeiros atos ontem do presidente Michel Temer foi a revogação do decreto que assinou na quarta-feira, convocando as Forças Armadas, sob o pretexto de manter a ordem pública, depois dos intensos protestos das centrais sindicais e de outras categorias contra as reformas da Previdência e das leis trabalhistas ...

Leia mais...

clima

Rio Branco - AC
agazetanofacebook