Gazetinhas 04/01/2017

Postado em 03/01/2017 22:56:19

*Planeja de cá, inaugura de lá…

*E 2017 começou movimentado na política local.

*Prefeito Marcus Alexandre correndo atrás do prejuízo para acelerar as obras do Shopping Popular;

*Governador Tião Viana comemorando a entrega de mais 128 casas na Cidade do Povo.

*Bons presságios para o ano que está começando.

*Como deve ser.

*Outra boa nova, apesar do contexto adverso em que ocorreu, foi o anúncio do ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, de que o Governo Federal irá, “em breve”, lançar o esperado plano federal para guarnecer as fronteiras do país.

*Boa nova muito importante para o Acre, aliás.

*A informação veio durante a visita a Manaus, depois das atrocidades ocorridas na chacina do presídio da capital amazonense.

*Mas, será que agora vai?

*É que, apesar de reconhecer a crise no sistema prisional daquele estado, Alexandre de Moraes classificou, entretanto, como um “erro” ligar as mortes e rebeliões no Amazonas somente à guerra entre as facções criminosas.

*Hã? Cuma?

*Segundo ele, mais da metade dos mortos não tinha ligação com as ditas facções;

*E, portanto, atribuir o problema apenas à disputa de território entre facções rivais é uma “explicação simplista”.

*Huuum…

*Uma ponderação pertinente do ministro, que apontaria outras deficiências gravíssimas no sistema de Segurança dos estados…?

*Ou uma forma de minimizar a responsabilidade (e omissão) da União sobre a falência do sistema prisional e o combate ao tráfico de drogas no país?

*De tudo um pouco.

*E, sem dúvida, um assunto que merece ser explorado e debatido com atenção, principalmente por nós, acreanos, que temos sentido as consequências do aumento da violência no nosso dia a dia…

*Seja por qual motivo for.

*Não foi à toa que uma das primeiras agendas do ano do governador Tião Viana foi o debate de ações e inovações no combate ao crime organizado.

*Um tema que, pelo que se vê, enfim, será tratado como prioridade máxima na gestão deste ano.

*É o que a sociedade espera.

*Eita pau!

* “Deu ruim” para o deputado Raimundinho da Saúde, após a nota divulgada pelo Ministério Público do Trabalho “esclarecendo” sobre a construção do Hospital de Barretos no Acre.

*Pelas explicações do procurador do MPT, ficou claro que as negociações para a instalação da unidade em Rio Branco nada tem a ver com iniciativas do deputado e nem mesmo do próprio Governo do Estado.

*E seria, sim, fruto de negociações diretas entre os procuradores do Trabalho e a direção do Hospital de Barretos.

*Óooooi!

*Eles que são “doutores” que se entendam…

editorial

Ajuda, mas não resolve

 

A transferência desses 15 presos tidos como “chefes” de facções criminosas de Rio Branco para Mossoró, no Rio Grande do Norte, embora tardia, diante dos apelos do Governo do Estado, pode contribuir para evitar problemas ou até mesmo alguma chacina também aqui no Estado, mas não resolve a questão da ...

Leia mais...

clima

Rio Branco - AC
agazetanofacebook