Gazetinhas 05/10/2014 – Jornal A Gazeta

Gazetinhas 05/10/2014

* É hoje!

* Dia de entrar para a história política do Acre. Ou o contrário, sair dos holofotes sem direito a aplausos.

* Alguns, talvez, se vão para sempre. Outros apostarão de novo nas próximas, num vaivém desgraçado por sede de poder.  

* O clima nas ruas hoje é de euforia, embora o eleitor acreano tenha aprendido a respeitar as leis.

* Boca de urna está proibida. Mas uma ou outra irregularidade acontece.

* E vamos ver dessa vez quem será pego com muito dinheiro.

* Até o final do dia, eles vão aparecer, pode apostar!

* É de praxe. Há sempre quem seja denunciado por compra de votos.

* Certo mesmo é que de ontem pra hoje, muitos cabos eleitorais e seus candidatos sequer pregaram o olho.

* Planejaram estratégias das mais criativas para captar votos ao longo do dia, alguns ao largo da legislação eleitoral.

* E como vão agir?

* Distribuindo envelopinhos com santinhos acompanhados de R$ 20 e de R$ 50.

* A angústia de candidato é ser esquecido pelo eleitor pobre de espírito (e de grana).

* A coisa funciona assim…

*…Chico ‘Pobrim’ passou dois meses convencido de que votaria no candidato João Sonhador.

* Mas agora de manhã, chegará o cabo eleitoral Zé Corrupto, que trabalha pro Mané Picareta, com o número 171.

* Com uma mísera cédula de ‘mico leão dourado’, ele vai molhar a mão do Chico, que sairá todo contente, sem sequer lembrar mais que o candidato Sonhador existiu.

* É a famosa trairagem do dia.

* E já emporcalharam de santinhos as ruas próximas a sessões eleitorais de Rio Branco.

* O certo é que em vez de ganhar a atenção do eleitor, esses candidatos só fazem é raiva aos garis e margaridas.

* Vôti!

* E a poluição não é só nas ruas. Jornalista Marcela Jansen, editora de política deste matutino, reclama da enxurrada de pedintes de votos, em mensagens no seu celular.

* “Entupiram minha caixa”, disse.

*  Por falar em celular, Justiça Eleitoral avisa que está proibido o uso do aparelho nas cabines eletrônicas.

* O descumprimento pode acarretar em prisão ao eleitor, que fizer selfie em urnas e de quebra, comprometer o seu candidato, com uma possível cassação.

* A medida é para evitar a compra de voto com comprovação em foto.

* E enquanto isso, a balsa pra Manacapuru já está ancorada próximo ao Bar do Gracil, na Gameleira.

*  Prontinha pra zarpar depois das 21 horas – o horário previsto para o término das apurações -, o nosso chargista Dim já rabiscou uma embiricica dentro dela.

* Tem de popozuda a professores, pastores e tudo mais.

* Bom dia de eleições!

* Interino: Resley Saab

Assuntos desta notícia