Gazetinhas 08/01/16 – Jornal A Gazeta

Gazetinhas 08/01/16

* Troca de tiros em plena tarde de uma quinta-feira, num dos bairros mais movimentados da cidade…
* Socorro!
* É o que temos para finalizar esta primeira semana de 2016, leitor.
* O fato ocorreu quando dois bandidos tentaram assaltar um sargento da PM, que estava à paisana, e acabava de sair de um banco, no bairro Bosque.
* Ele reagiu à abordagem com tiros e acabou sendo atingido de raspão.
* Quem estava nas proximidades conta que o clima foi de tensão e pavor.
* “Os assaltantes e o policial ficaram trocando balas e quem estava por perto correu para se esconder onde pôde. Foi terrível!”, relata o vendedor de uma loja próxima ao local do crime.
* Não era para menos…
* Numa cidade relativamente pequena como a nossa, ninguém sai de casa, à luz do dia, com o receio de presenciar um tiroteio ou ser atingido por uma bala perdida…
* Ou não?!
* Infelizmente, a criminalidade está se tornando cada vez mais próxima à rotina de cada um de nós.
* E haja “pactos da paz” para conter a sensação de insegurança e impunidade que se alastra entre a população da Capital.
*Estamos mesmo precisados.
* Nas manchetes nacionais, a conterrânea Ma-rina Silva voltou a ser destaque, ao defender a cassação no TSE da chapa que reelegeu a presidente Dilma Rousseff.
* “Seria o melhor caminho para o Brasil, porque teria a comprovação de que o dinheiro da corrupção foi usado na campanha do vice e da presidente”, defendeu a ex-senadora.
* Marina criticou a falta de liderança política de Dilma para governar o país e relembrou que a petista vivencia hoje os mesmos problemas que atribuiu a ela, Marina, durante a campanha de 2014.
* “Diziam que se eu ganhasse não teria maioria no Congresso, e hoje a presidente não tem maioria…
* Diziam que, se eu ganhasse, iria acabar com o Pronatec e o Prouni, e isso o atual governo está fazendo”.
* E concluiu:
* “As pessoas projetam em você o que vão fazer”.
* Ressentimentos à parte, não deixa de ser uma verdade.
* Marina, sempre Marina…
* Ôpa!
* Vem mais um candidato a prefeito por aí?!
* Além dos arquirrivais Marcus Alexandre e Eliane Sinhasique, do highlander Tião Bocalom e dos café-com-leite Eber Machado e Fran-cineudo Costa, um popular jornalista de TV começa a sondar aliados para também se lançar candidato ao cargo.
* Inteligente, articulado, bem apessoado ele é.
* Mas, estreante na política, nessa eleição de gigantes, não teria a mínima chance.
* Sai dessa onda, meu amigo!
* Fica onde estás mesmo, que jornalista é pobre, mas é limpinho.

Assuntos desta notícia