Gazetinhas – 10.01.2017 – Jornal A Gazeta

Gazetinhas – 10.01.2017

*Chove chuva!
*E o rio Acre vai subindo, subindo…
*Mas, por ora, tudo sob controle.
*Confere, El Brujodo tempo, Davi Friale?
*Enigmático, ele acena levemente com a cabeça que “sim”.
*É uma estrela, rapaz.
*Tsc, tsc, tsc.
*E por falar em enigmas, mistéeeeerios…
*O novo capítulo na curiosa história do estudante de psicologia Bruno Borges não é nada poético, filosófico, nem pacífico, como o menino do Acre costuma ser.
*É que um dos “amigos” de Bruno envolvidos no projeto para publicação dos livros resolveu levar o caso à Justiça, alegando que não recebeu parte dos lucros, conforme teria sido estabelecido num contrato de sociedade feito antes do desaparecimento do rapaz.
*Márcio Gaiote pediu, em liminar, para que fossem bloqueados os repasses das vendas do primeiro livro ao estudante;
*Além de uma prestação de contas dos lucros das vendas.
*O primeiro pedido, entretanto, foi negado pela juíza Thaís Khalil, que deu um prazo de 15 dias para que Bruno se pronuncie sobre o processo.
*E antes que a nova onda de maldadescontra o “menino do Acre” comece a surgir…
*Importante respeitar o direito de defesa de Bruno e de toda família Borges, que já sofreu tanto com os julgamentos e as condenações antecipadas dos “juízes” de plantão da internet.
*Enfim…
*Bem-vinda a “Operação Passa Régua”, do Procon-AC, para fiscalizar a oferta de produtos, preços e formas de pagamento, em papelarias e livrarias de Rio Branco.
*Segundo o diretor do órgão, Diego Rodrigues, é uma forma de garantir mais segurança ao consumidor, neste período de compra de material escolar.
*Certíssimo.
*Agora, dá pra fiscalizar o preço das escolas particulares também, diretor?!
*Cri cricri.
*Porque os valores das mensalidades, muitos com aumentos abusivos (!), e dos materiais didáticos estão pela hora da morte!
*Como dizia um pai, um dia desses, ao receber a “conta” de quase R$ 3 mil (!) para comprar os livros do filho, em uma escola da Capital:
* “É só o material didático, moça… Não é a toda mobília da sala de aula, não!”.
*Ririri.
*Socorro!
*Só não está pior do que os preços dos combustíveis, que voltaram a subir nas refinarias, na primeira semana do ano, e começam a ser reajustados nos postos.
*É a sétima semana consecutiva de aumento, conforme informou pesquisa da própria Agência Nacional do Petróleo;
*E o maior valor já registrado na série histórica da ANP.
*No Acre então…
*Enquanto o preço médionacional está em torno de R$ 4,15, a gasolina acreana segue como a mais cara do país, podendo chegar a R$ 4,88 o litro.
*Tá sofrido, tá de lascar.
*E o salário óoooooooo…

Assuntos desta notícia