Gazetinhas 11/01/2017

Postado em 10/01/2017 22:49:35

*Tempinho continua instável, esquisito.

*E o Rio Acre segue seu curso para o mês de janeiro;

*Subindo, subindo…

*Na manhã de ontem, chegava a quase 8m;

*Três a mais do que o registrado no mesmo período do ano passado, quando a Capital, surpreendentemente, não sofreu com a alagação.

*Mas, segundo a Defesa Civil, ainda está 1,3 metros abaixo do nível considerado “normal” para o período.

*Vamos acompanhar.

*Na Segurança Pública estadual, a expectativa é em torno do anúncio sobre a transferência de mais 15 presos, líderes de facções criminosas, para o presídio federal de Mossoró-RN.

*A informação foi confirmada pelo secretário Emylson Farias, após a notícia ter sido dada pelo próprio ministro da Justiça, Alexandre de Moraes.

*Mas, falta ainda a confirmação do juiz federal do Rio Grande do Norte.

*Aquele que, segundo o governador Tião Viana, protela todas decisões referentes ao Acre, mesmo com vagas disponíveis na unidade de Mossoró.

*Xiiiiii.

*Arenga ou não do governador, o fato é que o pedido de transferência já foi feito há mais de cinco meses.

*E, agora, o que o ministro pediu foi maior sensibilidade do magistrado para agilizar os despachos, depois das rebeliões que deixaram 60 mortos em Manaus e 33 mortos em Roraima.

*É o mínimo que se espera.

*Se tudo der certo, então, a transferência deve ocorrer nos próximo dias.

*Entretanto, apesar da boa notícia, o alerta para possíveis retaliações das facções deve ser redobrado.

*A que ponto chegamos…

*Do gabinete em Rio Branco, deputado Alan Rick manda a boa nova sobre a liberação de recursos e a retomada das obras da BR-364.

*O deputado se reuniu, ontem, com o coordenador geral do Dnit no Acre e, em ligação telefônica com o diretor geral do órgão, em Brasília, foi informado que o dinheiro deve ser liberado no início de fevereiro.

*E a expectativa, segundo os representantes do Dnit, é concluir os trabalhos de recuperação da estrada ainda este ano.

*Cof, cof, cof!

*Nada, não, leitor.

*Só o Dim aqui atrás, com a gripe doida que tá pegando todo mundo por aí.

*Ai ai.

*Ainda sobre a decisão do juiz Jair Facundes, que declarou a inocência de todos os acusados na Operação G7, leitor telefona para comentar:

* “Que bom saber que a Justiça tarda, mas não falha…Mas, como restaurar a honra e as perdas daquelas pessoas que ficaram mais de 40 dias presas injustamente porque as provas da PF eram consideradas ‘robustas’?”.

*E segue adiante:

* “Na minha opinião, a operação G7 foi uma das piores lambanças do Tribunal de Justiça do Acre”.

*Ui.

*Fecha o pano.

editorial

Ajuda, mas não resolve

 

A transferência desses 15 presos tidos como “chefes” de facções criminosas de Rio Branco para Mossoró, no Rio Grande do Norte, embora tardia, diante dos apelos do Governo do Estado, pode contribuir para evitar problemas ou até mesmo alguma chacina também aqui no Estado, mas não resolve a questão da ...

Leia mais...

clima

Rio Branco - AC
agazetanofacebook