Gazetinhas – 11/10/2017 – Jornal A Gazeta

Gazetinhas – 11/10/2017

*E menos de uma semana após o temporal que devastou a Capital, com ventos de até 95 km/h…
*Chuva, muita chuva deixou a população rio-branquense novamente apreensiva, na tarde desta terça-feira.
*Tá certo que já somos acostumados com as intempéries do clima amazônico e olhamos até com bons olhos a água que chega para alimentar as nossas florestas.
*Mas a intensidade dos fenômenos naturais e os prejuízos incalculáveis que a cidade tem sofrido com as consequências deles tem feito autoridades e cidadãos comuns ficarem de cabelo em pé a cada ventinho mais forte que bata pela janela.
*Ontem, mais uma vez, a chuva surpreendeu e superou as médias previstas para outubro.
*E, embora os estragos não tenham chegado às proporções da tempestade da semana passada, muita gente amargou perdas seríssimas…
*Muitas que se somaram ao prejuízo anterior, já que não houve tempo, nem dinheiro, para reconstrução.
*E a expectativa, segundo nosso brujo do tempo, que, dessa vez, acertou na previsão, é de mais chuvas fortes, raios e ventanias, até o próximo domingo.
*E ainda tem gente que não acredita nos efeitos das mudanças climáticas…
*Todo PIB do Acre esteve reunido, na manhã de ontem, no Maison Borges, na palestra do economista Ricardo Amorim, organizada pelo Sicredi.
*Espaço lotado, público compenetrado…
*Evento bacana de se ver.
*E confirmando o que os empresários acreanos tem sentido, especialmente do segundo semestre pra cá, o economista fez uma avaliação otimista para a economia brasileira para o próximo ano…
*Se o Brasil continuar no bom ritmo de aprovação das reformas estruturantes e se o próximo governo, que ainda é uma grande incógnita, considerando a nefasta conjuntura política atual, conseguir dar continuidade às políticas de estabilidade e crescimento econômico.
*Sobre a polarização existente, hoje, entre os dois pré-candidatos populistas, Lula e Bolsonaro, Ricardo Amorim também é, de certo modo, otimista…
*E acredita que uma terceira via ainda irá surgir como opção para tirar o Brasil de uma nova enrascada.
*Deus te ouça, homem! Deus te ouça!
*A questão é saber se o povo brasileiro está mesmo preocupado com isso.
*Na editoria policial:
*Mais um homem morto com tiros na cabeça, dentro do carro;
*Outro ferido com bala perdida (!), em plena luz do dia, em Rio Branco…
*E a onda de execuções vai, de novo, tomando conta da rotina da cidade.
*Tá na hora de mais uma daquelas mega operações pra fazer uma nova limpa no Estado, hein, secretário Emylson Farias!
*Não é à toa que o bichinho tá doido pra ser vice-governador…
*Tá sofrido, tá de lascar.

Assuntos desta notícia