Gazetinhas 13/11/2015 – Jornal A Gazeta

Gazetinhas 13/11/2015

* Extra, extra, extra!

* Polícia Federal prende empresários suspeitos de envolvimento com tráfico de drogas.

* Que bafão!

* Quinze pessoas foram detidas…

* Até ex-políticos entraram na dança.

* Os nomes?

* Sigilo total, pelo menos até o momento.

* A investigação durou oito meses e desarticulou uma quadrilha suspeita de agir no Acre, Mato Grosso do Sul e Pará.

* Segundo a PF, a quadrilha movimentava mais de R$ 400 mil por mês com o tráfico de drogas.

* Isso mesmo, leitor!

* É muita grana.

* De acordo com o delegado Leandro Ribeiro, os suspeitos utilizavam adesivos de órgãos públicos para passarem despercebidos pelas estradas.

* A PF confirmou que já solicitou a quebra de sigilo bancário dos suspeitos.

* O delegado afirma que empresários, um funcionário que presta serviço no Aeroporto Plácido de Castro de Rio Branco, e um político do município de Acrelândia integravam o grupo criminoso, foram detidos.

* Sem contar os traficantes com antecedentes criminais por tráfico de drogas.

* Pelo menos para esses aí, a casa caiu.

* Assim espero!

* Toca o telefone.

* É um leitor.

* Ele está querendo saber dessa história de que a tarifa de ônibus vai aumentar.

* Não sabia?

* Pois é!

* A prefeitura encaminhou a Câmara Municipal um Projeto de Lei que pretende aumentar a tarifa do transporte coletivo em R$ 0,10.

* O reajuste ocorreria para compensar três aumentos no valor dos combustíveis ocorridos após a fixação da tarifa atualmente vigente.

* Com isso, a tarifa de ônibus ficaria em R$ 3 em Rio Branco.

* Os estudantes continuarão pagando R$ 1.

* Na prática, muitas pessoas já pagam esse valor.

* E para quem andava reclamando da falta de troco, olha aí a solução.

* Resta saber o que a população irá achar de pequeno reajuste.

* Opa…

* Melhor deixar quieto.

* Por hora, claro!

* Ah, vale registrar a passagem do ministro da Cultura, Juca Ferreira, pelo Acre.

* Ele foi condecorado pelo governo com a Ordem da Estrela do Acre Grau Grão-Cruz.

* O ministro teceu bastante elogios ao Acre.

* Chegou a destacar que temos a melhor política para os povos indígenas, situação que o restante do Brasil ainda não conseguiu resolver.

* Sinta-se em casa, senhor ministro!

* E volte sempre!

* Interina: Marcela Jansen

Assuntos desta notícia