Gazetinhas – 14/11/2017 – Jornal A Gazeta

Gazetinhas – 14/11/2017

*Semana mal começou e ops…
*Mais um feriadão daqueles, do que jeito que o empresariado gosta.
*Diga aí, seu Leandro Domingos, presidente da Fecomércio-AC!
*Quarta, quinta e sexta-feira de folga.
*Aí já emenda logo com o final de semana…
*Besteirinha dessa!
*É muita “produtividade” pra um Estado tão pitoresco como o nosso, né, não?
*Tsc, tsc, tsc.
*Apesar dos apesares, o otimismo entre os comerciantes está crescente para este final de ano, em Rio Branco, a exemplo da tendência que ocorre no restante do país.
*Enfim, parece que a palavra “crise” dará uma trégua no vocabulário dos empresários e dos noticiários…
*E a retomada das vendas fará deste Natal o melhor dos últimos quatro anos.
*A expectativa da Associação Comercial do Acre é um incremento de 10% nas vendas, a partir de dezembro;
*E os setores que devem puxar esse crescimento, segundo as pesquisas, serão de vestuário, de eletrônicos e de calçados.
* “Os indicadores econômicos mostram que o pior da crise já passou…Estamos bem otimistas para este período”, confirma o presidente da Acisa-Acre, Celestino Bento.
*É isso aí.
*Dá pra incluir as empresas de comunicação nesse “incremento” também, presidente?
*A hora de anunciar é agora, minha gente!
*Cri cricri.
*Oremos!
*Enquanto isso, na Alemanha…
*Representantes do governo acreano participaram de um debate importante para maior inclusão de indígenas e povos tradicionais na tomada de decisões sobre políticas ambientais.
*O evento ocorre paralelamente à COP23 e faz parte das ações de uma Força-tarefa de governadores pelo clima e florestas (GFC).
*O GFC é composto, atualmente, por 38 estados subnacionais de 10 países, na busca de preservação de florestas do mundo inteiro.
*Na programação, o governador Tião Viana afirmou que o Acre tem colocado em prática os compromissos mútuos firmados pelos governos subnacionais na Declaração de Rio Branco…
*E destacou o pacto pelo fim do desmatamento e os bons números conquistados pelo Estado com o desenvolvimento das políticas ambientais.
* “Asseguramos 87% do território preservado e consolidamos um modelo em que aumentamos o PIB em 400%, nos últimos 20 anos”, assegurou ele.
*400%, Tião?!
*E a oposição pira com o olhar encantado do governador petista.
*Ririri.
*O aumento estrondoso no PIB, o povo não sabe mensurar, não.
*Mas, no preço da gasolina…
*Misericórdia, maninho!
*Com o novo reajuste do último fim de semana, o valor do produto nos postos ultrapassa os R$ 4,70…
*Chegando a R$ 4,80 em alguns estabelecimentos.
*Tá sofrido, tá de lascar.

Assuntos desta notícia