Gazetinhas – 21.01.2018 – Jornal A Gazeta

Gazetinhas – 21.01.2018

*Bom dia, pessoas!
*E já que eu não ganhei na Mega Sena, então, vamos ao trabalho, né?!
*Se o Rio Acre deu uma trégua aqui, todas as atenções voltadas para o Rio Madeira.
*Devido ao elevado nível que já ultrapassou o limite dos 14 metros, a prefeitura de Porto Velho decretou, por meio da Defesa Civil, Estado de Alerta aos moradores que vivem em áreas de risco.
*Durante o último monitoramento foi registrada a média de 14,55 metros, um aumento de mais de trinta centímetros comparados com o dia anterior.
*É muita água.
*E como já é de conhecimento de todos, se as águas do Madeira chegarem à BR-364, bye, bye iogurte, frutas e verduras que chegam ao Acre através dessa rodovia.
*Mas, para evitar esse tipo de situação, os empresários acreanos já trabalham com um estoque para 45 dias, aponta a Acisa.
*Essa é uma das estratégias criadas para antecipar qualquer situação de racionamento, como ocorreu em 2014.
*Quando a cheia do Rio Madeira pegou a população desprevenida e que o Estado ficou quase 90 dias sem receber mercadoria.
*Foram tempos difíceis…
*Vamos falar de outra situação que está quase insustentável?
*O dia começou com mais uma facada no bolso do consumidor acreano.
*Haja dinheiro para comprar gasolina!
*Como cantava a Kátia…
*“Não está sendo fácil…”
*O Dim quer fazer uma aposta.
*Diz ele que o valor da gasosa chega (ou até ultrapassa) aos R$5 em Rio Branco.
*Isso porque em alguns municípios do interior essa já uma realidade e faz é tempo!
*Sai pra lá, Dim!
*A partir deste domingo, 21, estará disponível ao público a programação em alusão ao Dia Internacional em Memória às Vítimas do Holocausto.
*As imagens estarão no Memorial dos Autonomistas até o próximo dia 28. De segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, e no final de semana das 16h às 21h.
*Enquanto isso, na editoria de política, está dando o que falar uma entrevista do senador Jorge Viana.
*Quer ver? Olha só!
“Com essa ruma de oito candidatos acho que vamos ter que pedir vagas na Bolívia e no Peru para ver se acomodam todos. Qualquer um que fica com raiva diz que quer ser candidato…”
*What??!!?
*Será que os patrícios vão aceitar?
*Riririririri.
*E não parou por aí…
“O Senado é uma coisa muito séria e estou fazendo um trabalho para que os acreanos entendam que estou ajudando o Estado.”
*E, para finalizar, Jorge Viana ressaltou.
*“Eu vou batalhar pela chapa que formamos com o Marcus Alexandre ao governo e eu e o Ney Amorim para o Senado.”
*Então tá, né?!
*Recado dado, senador!
*Uma chapa legitimamente puro sangue, como se comenta até hoje nos bastidores da política local.
*Bom domingo, pessoas!
*Interina: BRUNA LOPES

Assuntos desta notícia