Gazetinhas 22/08/2017 – Jornal A Gazeta

Gazetinhas 22/08/2017

*Chuvinha boa e temperatura agradável pra começar a semana…

*Não erra uma o nosso brujo do tempo, Davi Friale.

*O que se espera, com essa mudança no clima, é que a situação das balsas do Rio Madeira comece, enfim, a melhorar…

*E que não dê tempo de as consequências da estiagem trazerem os temidos prejuízos aos consumidores acreanos.

*Desabastecimento de produtos de primeira necessidade, o temido aumento de preços…

*Aqueles probleminhas que conhecemos muito bem.

*Enfim…

*Com seca ou sem seca, o que não escapa do reajuste, entretanto, é o preço dos combustíveis.

*De acordo com informe da Petrobras desta segunda-feira, o óleo diesel e a gasolina sofrerão novos aumentos, de 2,3% e 3,3%, respectivamente;

*E os custos já devem ser repassados ao consumidor, no decorrer desta semana, tão logo os empresários comecem a fazer a reposição dos estoques.

*Tá sofrido, tá de lascar.

*Enquanto isso, em Brasília…

*O presidente do TSE e ministro do STF, Gilmar Mendes, afirmou que o fundo público de 3,6 bilhões, atualmente em discussão na Câmara Federal, pode não ser suficiente para bancar a realização das eleições.

*Chupa essa manga, Brasil!

*Segundo Gilmar Mendes, o problema é que, somente as campanhas de deputados federais, em 2014, somaram gastos declarados de R$ 5 bilhões;

*E, portanto, o valor em discussão na reforma política, que deve ser votado hoje, no Congresso, não seria suficiente para custear uma campanha “nos mesmos termos”.

*A questão é que estes “termos” precisam mesmo mudar, excelência.

*Afinal, como pensar, mesmo que utopicamente, numa mudança no sistema político atual sem começar pelo barateamento das

campanhas?

*É vergonhoso, é uma afronta à situação econômica do povo brasileiro.

*A conferir como se posicionarão nossos ilustres representantes da bancada federal acreana.

*E o final de semana foi animado, no estacionamento do Arena da Floresta, com o “Food Truck Festival”, que recebeu 11 caminhões de comida, um de chopp e um de cinema, vindos de várias regiões do país.

*Foi sucesso total.

*Prefeito Marcus Alexandre não perdeu tempo e aproveitou a deixa para sancionar a lei que regulamenta o Food Truck em Rio Branco.

*A modalidade de serviço virou moda, há alguns anos, nas principais cidades brasileiras;

*E pode se tornar uma ótima opção para fomentar o empreendedorismo, novas oportunidades de renda e mais opções de lazer para os moradores da Capital.

*Agora, só falta apoiar de uma vez o Uber, né, prefeito?

* “Um prefeito antenado, moderno desse…”, completa o Dim aqui atrás.

*Ririri.

*A população agradece.

 

 

Assuntos desta notícia