Gazetinhas – 22/09/2017 – Jornal A Gazeta

Gazetinhas – 22/09/2017

*Mais um acerto do pesquisador metereológico mais famoso do Acre, Davi Friale.
*O homem está demais, pessoal!
*Realmente, a tal cortina de fumaça que vinha de outros estados brasileiros chegou com força total e tomou conta da Capital.
*Os municípios de Feijó, Sena Madureira e a própria Rio Branco ajudaram a produzir toda essa fumaça ao registrar o maior número de focos de calor no mês de setembro.
*É o que aponta o último relatório de queimadas, produzido pelo Instituto de Mudanças Climáticas e Regulação de Serviços Ambientais (IMC).
*Infelizmente, esse tipo de situação só provoca prejuízo à saúde da população e do meio ambiente.
*Resultado?
*Unidades de saúde lotadas de crianças e idosos precisando de atendimento!
*Cof, Cof, Cof…
*É muita fumaça, gente!
*Falta de ar, garganta irritada, olhos ardendo desde a hora que acorda até a hora de dormir.
*Setembro mostrou a que veio.
*Do início do ano até o dia 20 deste mês, já foram mais de 130 mil focos de calor nos nove estados da região. O Acre aparece na sétima posição, com 4.138 registros, sendo 2.131 só em setembro.
*Credo!
*A previsão é de que a qualidade do ar melhore durante o fim da manhã desta sexta, 22.
*Que assim seja!
*O jeito é sobreviver.
*O pior que não dá nem para ficar no ar-condicionado porque, sinceramente, estou com medo da conta de energia de outubro.
*A desse mês quase me fez enfartar…
*E, infelizmente, ainda não ganhei o prêmio do último sorteio da Mega Sena para dar uma forcinha no orçamento.
*Ririri
*E seria uma forcinha e tanto!
*Mas, voltando ao assunto, o aumento na conta de energia, tem sido bastante discutido.
*Caso a Eletrobras queira dar explicações, o espaço está aberto, visse?!
*Mudando de assunto
*O governo federal comemorou a 35.457 empregos formais em agosto deste ano. O saldo é positivo pelo quinto mês seguido.
*No Acre foram criados 141 vagas. E o setor da construção civil puxou saldo de empregos.
*Outro setor que teve resultado favorável foi a Indústria da Transformação, que encerrou o período com a criação de 42 postos.
*No comércio foram 19, na agropecuária, 10, e nos serviços industriais de utilidade pública, 4.
*Enquanto isso, o desempenho negativo apenas no setor extrativo mineral, com a redução de 15 vagas, e os serviços, que perderam 17 postos.
*Economia dando sinais de melhora, né?
*Mas, ainda sim, está tudo muito difícil e isso não dá para negar.
*Ainda falando em metereologia…
*Trovões mostram que o período de temporais chegou…
*Vou cuidar logo aqui, antes que a chuva faça com que a energia vá embora…
*Até manhã!
Interina: BRUNA LOPES

Assuntos desta notícia