Homens mortos no bairro Seis de Agosto não tinham envolvimento com o crime, diz polícia – Jornal A Gazeta

Homens mortos no bairro Seis de Agosto não tinham envolvimento com o crime, diz polícia

As primeiras informações levantadas pela Polícia Civil sobre o duplo homicídio ocorrido na manhã desta quarta-feira, 29, no bairro Seis de Agosto, em Rio Branco, é que as vítimas não tinham envolvimento com o crime. A informação foi repassada pela Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP).

Márcio Antônio Ângelo, de 33 anos, e Paulo Sérgio da Silva, de 24, foram mortos a tiros nas primeiras horas desta quarta na Rua Seis de Agosto.

Ao G1, os familiares falaram que as vítimas foram mortas por engano. Um parente de Ângelo contou que ele estava a caminho do trabalho. Já um familiar de Silva, que pediu para não ter a identidade revelada, falou que ele estava saindo da padaria quando foi morto. Silva era autônomo, casado e tinha um filho.

O delegado Cristiano Bastos contou que a polícia já tem um suspeito do crime.

“As circunstâncias ainda vão ser apuradas, no local pegamos algumas informações preliminares e as equipes estão em campo fazendo buscas. Um suspeito já chegou ao nosso conhecimento, então, em breve já teremos uma resposta sobre a autoria desse crime”, confirmou.

Bastos explicou ainda que os familiares das vítimas começaram a ser ouvidos logo após as mortes. Ele acrescentou que as mortes não têm ligações, mas ressaltou que as informações são preliminares e tudo está sendo investigado.

“A princípio, as vítimas não têm envolvimento com facções criminosas ou prática de crimes. A motivação do crime é uma questão que temos que apurar. Temos que fazer uma investigação mais profunda e essas são informações preliminares”, contou.

Assuntos desta notícia