Homens são achados mortos em zona rural de Rio Branco e caseiro é principal suspeito – Jornal A Gazeta

Homens são achados mortos em zona rural de Rio Branco e caseiro é principal suspeito

 

Dois homens foram encontrados mortos no início da tarde desta segunda-feira, 13, no Ramal Colibri, estrada do Quixadá, zona Rural de Rio Branco. Uma das vítimas foi identificada como Eurico Leite, de 76 anos. Já o outro homem ainda não teve a identidade confirma e seria conhecida como Manoel.

A suspeita é de que o duplo homicídio tenha sido latrocínio, já que cerca de R$ 2,5 mil foram roubados na casa onde os rapazes moravam. Segundo a Polícia Militar do Acre (PM/AC), responsável pela ocorrência, uma das vítimas foi degolada.

O tenente Dário de Almeida, do 2° Batalhão da PM/AC, conta que o caseiro da propriedade é o principal suspeito de cometer o crime. Ele fala ainda que o primeiro corpo foi encontrado na casa da propriedade onde o duplo homicídio aconteceu.

Já a segunda vítima foi encontrada no roçado do terreno que pertencia aos homens. A hipótese é de que as mortes tenha ocorrido na última quinta-feira, 9.

“Esses dois homens contrataram esse indivíduo e ele era trabalhador deles. Ele soube que as vítimas tinham recebido uma quantia em dinheiro. Informações dão conta de que o rapaz é viciado em entorpecentes. Depois do assassinato, o dinheiro foi subtraído. Pelas marcas dos golpes nos corpos, provavelmente eles foram mortos com um facão. O primeiro homem estava degolado”, reforça o tenente.

O homem está foragido e a polícia faz buscas pelo suspeito. O Instituto Médico Legal (IML) foi acionado para recolher os corpos e encaminhá-los para fazer a identificação dos dois. Almeida afirma que um dos corpos, o encontrado no roçado, já estava em estado de decomposição.

De acordo com o militar, os dois homens eram parentes.

Crime ocorreu nesta segunda-feira (13) na estrada no Quixadá (Foto Luízio Oliveira Arquivo pessoal )

 

Assuntos desta notícia