IEL completa 20 anos de dedicação ao setor empresarial do Acre – Jornal A Gazeta

IEL completa 20 anos de dedicação ao setor empresarial do Acre

 Instituição comemora duas décadas de atuação com vigor e fôlego para realizações ainda maiores em prol do desenvolvimento

Duas décadas de dedicação, de luta pelo desenvolvimento e elevação da competitividade do setor industrial do Acre. O Instituto Euvaldo Lodi (IEL/AC) atinge, no dia 29 de janeiro, esta brilhante marca em sua trajetória bem-sucedida como braço direito do empresário local. Mesmo tendo sua implantação no Acre iniciada no ano de 1990, a formalização jurídica só veio a ocorrer, de fato, no ano de 1998, e, desde então, a instituição vem procurando cumprir com excelência sua missão de promover o aperfeiçoamento da gestão, a capacitação empresarial e a interação entre as empresas e os centros de conhecimento.

“Demandas como cursos, consultorias, estágios e pesquisas, além da seleção de profissionais para diversas empresas privadas têm sido atendidas por meio do IEL, inclusive para condução de processos seletivos amplos para entidades dos setores público e privado”, contabiliza Jorge Luiz Vila Nova, superintendente da instituição. De acordo com ele, somente em 2017 foram 60 empresas atendidas e implementados três projetos no âmbito do Programa de Apoio à Competitividade das Micro e Pequenas Indústrias (Procompi), direcionados para os setores de madeira/móveis, alimentos e construção civil.

Por meio do Procompi para o setor de alimentos, por exemplo, possibilitou-se a participação de três empresários acreanos no maior evento do segmento de laticínios da América Latina, o ‘Minas Láctea’, na cidade de Juiz de Fora (MG), em meados do ano passado. Estiveram na feira os empresários Marcelo Oliveira, do Laticínios Buriti; Ezequiel Rodrigues de Oliveira, diretor-presidente da Cooperativa dos Agricultores e Pecuaristas da Regional do Baixo Acre (Coopel); e João Victor Boni, sócio-proprietário da indústria Iogurte Tavita.

Na ocasião, Marcelo Oliveira enfatizou que, durante a participação no Minas Láctea, pôde se inteirar sobre atualização de novos procedimentos e detectou oportunidades de novos negócios. “É essencial a presença em eventos desse porte, pois temos acesso a informações de novos produtos e tendências do mercado”, pontuou. E complementou: “A consultoria do Procompi nos ajudou em diversos pontos, entre os quais a melhoria nos procedimentos e no controle de qualidade dos nossos produtos”.

NÚMEROS – Após passar, no ano de 2016, por reestruturações e reformulações em suas atividades e recursos humanos, tendo como princípios o foco no atendimento das demandas da indústria, o ajuste das finanças via otimização dos gastos, ajustando-os às receitas e o redimensionamento do quadro de recursos humanos, a instituição teve um grande desempenho no ano passado. Foram capacitados aproximadamente mil profissionais na área de gestão e inovação; 2 mil estagiários foram inseridos no mercado; mais de 100 empresas tiveram atendimento em consultoria em gestão e inovação e mais de 20 pesquisas e diagnósticos foram encomendadas ao Instituto.

“Buscando sempre soluções para o desenvolvimento e competitividade do setor produtivo, o Instituto Euvaldo Lodi (IEL) evoluiu em todas as suas áreas de negócio, tornando-se um importante aliado do Sistema Fieac para a elevação da competitividade das indústrias locais. Chegar aos 20 anos de atuação mostra que a instituição vem cumprindo seu papel indispensável ao desenvolvimento empresarial no estado. O desafio está em superar sempre nossos resultados”, comemora José Adriano Ribeiro, presidente do Sistema FIEAC e diretor regional do IEL.

Assuntos desta notícia