Jorge Viana alerta para consequência dos cortes nas áreas de ciência e tecnologia – Jornal A Gazeta

Jorge Viana alerta para consequência dos cortes nas áreas de ciência e tecnologia

O senador Jorge Viana (PT-AC) lamentou os cortes promovidos pelo Governo Federal nas áreas de ciência e tecnologia. Segundo o parlamentar, as consequências serão graves e podem implicar, por exemplo, na interrupção das operações da usina nuclear Angra dos Reis, a suspensão do lançamento de satélites e até a paralisação dos serviços de previsão do tempo.

Ele lembrou que os setores chegaram a ter R$ 9,2 bilhões em 2013 e têm reservado apenas R$ 2,7 bi para 2018.

“É triste vivermos isso. Talvez o Brasil ainda não tenha a dimensão do que significa aquela maldita proposta de emenda do teto de gasto. Não se pode passar uma régua única para todos os gastos públicos. Temos é que melhorar os gastos públicos. Há gastos que têm que ser cortados em 100%, mas há outros que temos que aumentar em 30%”, afirmou.

Para o senador, o ano de 2018 será complicado para os brasileiros, tendo em vista que faltará dinheiro também para outros setores fundamentais e instituições como a Polícia Federal e a Fundação Nacional do Índio (Funai).

Diante deste quadro difícil, o senador considerou ainda mais absurda a aprovação pela Câmara dos Deputados da Medida Provisória 795/2017 com incentivos a companhias petrolíferas. Segundo ele, as isenções fiscais podem chegar a R$ 1 trilhão nas próximas duas décadas para grandes multinacionais explorarem o pré-sal. “Espero que o Senado Federal, quando receber essa medida provisória tenha a coragem de defender o povo brasileiro e a dignidade do Estado, freando essa MP”, afirmou. (Com informações Agência Senado)

Assuntos desta notícia