Jorge Viana fecha 2017 entre os 100 mais influentes do Congresso – Jornal A Gazeta

Jorge Viana fecha 2017 entre os 100 mais influentes do Congresso

 

O senador Jorge Viana (PT/AC) fecha o ano de 2017 na lista dos 100 parlamentares mais influentes do Congresso Nacional, de acordo com levantamento do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap). Atual presidente da Comissão Mista sobre Mudanças Climáticas do Congresso Nacional e vice-presidente da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional do Senado, Viana é o único parlamentar do Acre a constar da lista dos 100 Cabeças do Congresso de 2017. Ele é visto como debatedor e um formulador “muito bem preparado”.

O senador é visto pelo Diap como um dos operadores dos assuntos e leis ligados à Amazônia e Meio Ambiente, ao lado da senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB/AM) e dos deputados Paulo Teixeira (PT/SP), Fábio Ramalho (MDB/MG), Ricardo Tripoli (PSDB/SP). “No Senado, assim como em seus mandatos no Executivo, seu trabalho é vinculado a um novo modelo de desenvolvimento sustentável, com forte ligação à questão ambiental, tanto para o Acre quanto para a Amazônia”, destaca a publicação do Diap.

“A escolha é o reconhecimento, pelo sétimo ano consecutivo, do meu trabalho no Senado Federal”, comentou o parlamentar. “Mostra que seguimos avançando, em meio a uma crise política sem precedentes, na defesa dos interesses do povo do Acre e do Brasil, travando o bom combate na luta por uma política feita de maneira séria e de reduzirmos as desigualdades no país que segue entre os mais desiguais do mundo”.

Jorge Viana foi apontado pelo Diap como um dos parlamentares mais ativos, atentos aos acontecimentos e, principalmente, com grande senso de oportunidade e capacidade de repercutir, seja no plenário ou na imprensa, os fatos políticos gerados dentro ou fora do Congresso. “Desde o início do mandato, tenho procurado desempenhar minha atuação no Senado com seriedade, mesmo tendo passado toda a minha carreira política sendo visto e reconhecido como prefeito e governador”, disse.

O Congresso Nacional tem 513 deputados e 81 senadores. O Diap faz esse tipo de levantamento de maneira ininterrupta há 24 anos, apontando a atuação dos principais parlamentares. A entidade classifica os parlamentares em cinco categorias – debatedor, articulador, formulador, formador de opinião, negociador e organizador –, dando destaque à característica principal de cada operador-chave do processo legislativo.

Em 2017, Viana foi classificado como um parlamentar debatedor, mas também como articulador e negociador. O diretor do Diap, Antonio Augusto de Queiroz, que coordena o levantamento e é um dos principais analistas do processo legislativo brasileira, explica que o debatedor tem como perfil congressistas que exercem real influência no processo decisório no parlamento e sobre os atores envolvidos no processo legislativo.

“São parlamentares ativos, atentos aos acontecimentos e principalmente com grande senso de oportunidade e capacidade de repercutir, seja no plenário ou na imprensa, os fatos políticos gerados dentro ou fora do Congresso”, aponta. “São, por essência, parlamentares extrovertidos, que procuram ocupar espaços e explorar os assuntos que possam ser notícia”.

Assuntos desta notícia