Jovem baleada por assaltantes no Acre está com bala alojada na coluna e não vai voltar a andar, diz família – Jornal A Gazeta

Jovem baleada por assaltantes no Acre está com bala alojada na coluna e não vai voltar a andar, diz família

A estudante do curso de técnica de enfermagem Tailine da Silva Marques, 23 anos, está com uma bala alojada na coluna e não vai voltar a andar. A informação foi repassada pela mãe da jovem, Maria Clarice. Tailine foi baleada na noite de quinta-feira, 10, durante uma tentativa de assalto, na Rua Marechal Deodoro, Centro de Rio Branco. Dois criminosos abordaram a jovem e fugiram após o disparo.

Tailine está internada no Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (Huerb), para onde foi levada após o crime. Ao G1, nesta sexta, 11, Clarice contou que a filha ia levar comida para o irmão que estava trabalhando como vigia.

“O médico disse que a bala ficou alojada na coluna e não tem chances dela voltar a andar. Ela está na emergência sendo observada, não levaram para o leito. Não sente as pernas e sente dor, o que é normal. Disse que estava parada no sinal e de repente saíram dois homens do carro com uma arma. Falou que eles ficaram nervosos, ela foi saindo da moto e eles atiraram”, lamentou.

A mãe revelou ainda que os médicos disseram que não podem submeter a jovem a cirurgia, devido à gravidade da lesão. A família tenta levar a estudante para um hospital em Brasília/DF.

“Estava com uma mochila nas costas, que tem três compartimentos, o forro bem acolchoados. Acho que quando bateu nela, devido à mochila, já não estava com tanta força e por isso não perfurou os órgãos. Aqui não opera, não podem mexer. A bala está no meio da médula. Minha nora está vendo se consegue mandar ela para Brasília/DF. Creio em Deus que diante de tudo isso ele pode tirar ela disso”, falou.

Clarice revelou que estava com passagem marcada para a cidade de Cruzeiro do Sul, interior do Acre, para rever o pai após três anos. A mãe lembrou que Tailine arrumou o cabelo dela e estava muito contente.

“É difícil, porque é minha única filha mulher. Meu pai não está bem de saúde, ela tinha arrumado meu cabelo, trabalho com salão de beleza, fez uma selagem. Estava tão contente, tirou tanta foto minha. Ia viajar, e agora vou cuidar dela”, concluiu.

Assuntos desta notícia