Laços fortes

Postado em 06/02/2017 23:19:39

Família. Ah, como essa palavra tem poder. É na família que descobrimos e aprendemos as primeiras coisas sobre a vida. E é com ela também que deixamos nossas últimas lembranças antes de morrer.

Ninguém desaparece por completo deste mundo se possui uma família. Ainda que já não esteja mais aqui, sempre será lembrado nas conversas, nas fotografias, nas memórias.

A beleza da família é a proteção, o laço forte do sangue ou até mesmo da convivência. Afinal, não é preciso DNA compatível para se sentir parte de uma.
Nossos laços, às vezes, chegam a ficar tão apertados, que podem até se tornar um nó cego. Não deixe isso acontecer. A verdade é que podemos acabar nos envolvendo em problemas demais e querendo resolver coisas que não cabem especificamente a nós.

Uma vez, uma amiga psicóloga me disse que os problemas da família não são meus problemas. Custei um pouco a entender isso. Porém, mais tarde veio a luz da compreensão.

Ao crescer e sair de casa, você adquire seus próprios compromissos, contas, tarefas, trabalhos e problemas. Dar conta de tudo isso pode embaralhar a cabeça de algumas pessoas. Quando, então, algo acontece com alguém da sua família, seja tio, irmão, pais, uma pessoa amada, é involuntário querer ajudar. Mas, devemos saber os limites.

Todos nós devemos ser capazes de resolver nossos problemas, ainda que com ajuda. Mas não podemos fugir deles. Da mesma forma, seu tio, irmão, seus pais, também podem se resolver. E você não precisa carregar o peso do mundo em suas costas. Se eles te amam, vão entender que tudo tem limite e que cada um pode dar conta das coisas que escolheu para si.

É ótimo ter para onde ir, é incrível ter para onde voltar e é mais maravilhoso ainda saber que se tem um porto seguro. Mas não seja também apenas aquela pessoa que só leva coisas ruins aos lugares que vai. Não viva se lamentando ou despejando em sua família os problemas que você julga impossíveis. Não seja essa pessoa.
Toda família tem sua beleza, sua característica. Mesmo aquelas que parecem desastrosas são e sempre serão uma família. E, por último, uma regra, a mais importante de todas: família é para cultivar o amor.

editorial

Inovar é preciso

 

Além da exposição dos produtos pelos diversos segmentos da economia estadual, é recomendável também que os visitantes da Expoacre reservem algum tempo para passar pelos estandes das varias entidades público-privadas que estão apresentando boas novidades em suas respetivas atividades. Entre outras, pode-se citar o Senai, o Sebrae, a Embrapa, a Ufac, ...

Leia mais...

clima

Rio Branco - AC
agazetanofacebook