Mais da metade dos acreanos já prestaram contas com o Leão – Jornal A Gazeta

Mais da metade dos acreanos já prestaram contas com o Leão

Atenção contribuinte, o prazo para entregar a declaração do Imposto de Renda 2018 termina em duas semanas, às 23h59 de 30 de abril. Quem atrasar a entrega terá de pagar multa de 1% sobre o imposto devido ao mês. O valor mínimo é de R$ 165,74 e o máximo é de 20% do imposto devido. Se deixar para entregar em cima da hora, pode haver congestionamento no sistema da Receita.

A declaração pode ser feita por meio do programa da Receita Federal, em computadores, ou também pelo aplicativo em tablets e smartphones.

De acordo com último levantamento divulgado pelo órgão no Acre, mais de 38.447 declarações já haviam sido recebidas pelo sistema. Isso representa mais de 53% do total esperado para este ano.

Está obrigado a entregar a declaração quem recebeu rendimentos tributáveis, sujeitos ao ajuste na declaração, cuja soma anual foi superior a R$ 28.559,70. Quem recebeu rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma foi superior a R$ 40 mil, também precisar entregar a declaração.

Este ano o declarante é obrigado a informar o CPF de dependentes com idade a partir de oito anos ou mais, que foram completados até a data de 31 de dezembro do ano passado.

Como evitar cair na malha fina

Erros no preenchimento da declaração de Imposto de Renda podem levar o contribuinte a cair na malha fina. Quem fica nessa situação terá sua restituição de imposto retida até que a situação seja regularizada.

Geralmente, a Receita Federal retém a declaração por causa de divergências de informações, erros no preenchimento ou inconsistências nos valores declarados.

Os contribuintes que já enviaram a declaração e perceberam que omitiram algum dado ou lançaram alguma informação incorreta podem fazer a retificação a qualquer momento, até 5 anos após o envio.

 

Assuntos desta notícia