Não se engane – Jornal A Gazeta

Não se engane

Quem não conhece a história de Pinóquio, o boneco de madeira que ao ganhar vida, envolveu-se em diversas situações perigosas para tornar real seu sonho de ser um menino de verdade. Embora ele soubesse que deveria praticar boas obras, isso não o isentou de agir deslealmente.

Uma situação em especial, nessa semana, me fez lembrar essa historinha. Sem querer ofender a ninguém, mas, acredito que a humanidade, atualmente, sofre da síndrome de Pinóquio.

A competitividade que cerca a vida do ser humano o faz pensar que às vezes a mentira é indispensável. Vivemos um tempo em que cada vez mais a sociedade usa de engano para tirar proveito de alguma circunstância, seja na área profissional, familiar ou sentimental.

Os dias passam e a impressão que se tem é que as pessoas acreditam cada vez mais que sem a mentira, não se chega a lugar nenhum, pois, a ela ‘nos permite ganhar tempo em determinadas circunstâncias’. Parece que sem a mentira somos impedidos de chegar ao ponto desejado. Ela é essencial na vida do ser humano.

Desculpe-me a expressão, mas, é burrice achar que uma pequena mentira não é ofensiva, pois, para manter tal mentira de pé, normalmente, se faz necessário inventar uma série de outras coisas e, esse círculo vicioso nunca acaba, haja vista que uma vez que mentiu e viu que deu certo, mentirá sempre.

O que vale mais para você: ter o seu ideal alcançado através de enganações ou é melhor ter sua integridade moral intacta? O ideal é ser conhecido como verdadeiro ou mentiroso?

A Bíblia revela que a pessoa que diz mentiras produz injustiça. Com suas palavras bajuladoras causa desgraças, prejudica os pequenos, conduz as pessoas ao erro. A palavra de Deus descreve também o fim daqueles que mentem. Eles serão expulsos da presença de Deus, ficando de fora dos céus para todo o sempre.

Acreditando ou não em Deus, o fato é que não vale a pena alcançar os objetivos trapaceando, mentindo e, muito menos passando por cima das pessoas. Não se esqueça da lei da semeadura, só se colhe o que se planta. Quem planta mentira, colhe mentira. Não se engane.

Assuntos desta notícia