Nova pesquisa Datafolha aponta que ex-presidente Lula continua na dianteira na corrida presidencial – Jornal A Gazeta

Nova pesquisa Datafolha aponta que ex-presidente Lula continua na dianteira na corrida presidencial

O Instituto Datafolha divulgou no último domingo, 15, uma pesquisa com índices de intenção de voto para a eleição presidencial de 2018. Foram feitas 4.194 entrevistas entre 11 e 13 de abril, em 227 municípios. A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos.

Os resultados mostram que o ex-presidente Lula continua na dianteira, com 31% das intenções de voto, seguido pelo deputado federal Jair Bolsonaro (PSL), com 15% e pela ex-ministra Marina Silva (Rede) com 10%.

Em quarto lugar, aparece o ex-presidente do STF (Supremo Tribunal Federal) Joaquim Barbosa (PSB) com 8%.  O ex-governador de São Paulo e presidente nacional do PSDB, Geraldo Alckmin, conta com 6% das intenções de votos, em seguida vêm o ex-ministro Ciro Gomes (PDT), com 5%, e o senador Álvaro Dias (Podemos-PR), com 3%.

Nos cenários em que o nome do ex-presidente não é mencionado, ocorre empate técnico entre Jair Bolsonaro e Marina Silva, que aparecem com 17% e 15%, respectivamente.

Pré-candidatos comentam a pesquisa

Depois da divulgação dos resultados da nova pesquisa Datafolha, os pré-candidatos à Presidência da República comentaram seus desempenhos junto ao eleitorado.

Jair Bolsonaro (PSL-RJ) disse acreditar ter mais apoio entre os eleitores do que o apontado pelo Datafolha e afirmou não se preocupar com a liderança do ex-presidente Lula nas pesquisas. “Não deixa de ser positivo [o resultado da pesquisa], claro, mas a diferença é maior do que está aí”, disse.

A ex-ministra Marina Silva (Rede), por sua vez, disse estar preocupada com o “risco de extrema polarização”. Por meio de nota, Marina destaca que possui interesse pelo debate e não com embate, numa referência a Bolsonaro.

Petistas reafirmam candidatura de Lula

Integrantes da executiva nacional do PT criticaram o fato de Lula ter sido mencionado em apenas três dos nove cenários apresentados na pesquisa, porém, consideraram o resultado positivo para o partido.

“Para nós o resultado é excelente, pois só mostra consolidação e confiança”, afirma Paulo Pimenta, líder do PT na Câmara dos Deputados. Ele disse que Lula será inscrito na eleição presidencial no dia 15 de agosto. “Não vamos ter um plano B. Vamos eleger o Lula em primeiro turno e queremos que, quando o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) se debruçar sobre essa matéria, já não seja mais o candidato, mas o presidente Lula”, declarou. (Com informações do Portal UOL)

 

 

Assuntos desta notícia