O que é ser livre? – Jornal A Gazeta

O que é ser livre?

Quando pensamos em liberdade logo a ideia de fazer tudo e qualquer coisa, a qualquer hora, sem explicações nos vem à cabeça. Mas o que realmente significa ser livre? Dependendo do ponto de vista e da personalidade a definição de liberdade pode mudar, se transformar.

Por exemplo, em um casamento, a liberdade é poder defender a própria liberdade. Quando um casal não se desentende significa que deixaram de ser um e passaram a ser uma dupla, tipo um gato e rato. Significa ainda que, alguém abriu mão de suas convicções para atender o outro. E isso, definitivamente não é ser livre.

Ser livre é ter um amor para se prender. Para dividir as alegrias, as tristezas, as conquistas e poder escolher estar ou não ali. Ser livre para bater o pé, dar sua opinião (ainda que mais ninguém concorde). Ser livre é poder estar em qualquer outro lugar e escolher estar com o companheiro (a), é poder encontrar com os amigos (as) sem neurose, sem pressão psicológica.

No trabalho, a definição de liberdade é poder se expressar, opinar, sugerir, concordar ou não sem medo de represálias. É ter uma postura profissional e ao mesmo tempo trabalhar num ambiente descontraído, onde você pode tornar-se amigo dos companheiros do ambiente profissional.

Ser livre ideologicamente é defender o que acredita sem agredir (seja fisicamente ou com palavras) o outro lado. Xingar, vaiar, fazer gestos obscenos, ameaçar de morte autoridades não é exercer sua liberdade de expressão. É, no mínimo, falta de educação.

Ser livre é poder escolher viajar para o Peru porque prefere o frio, mas estar pronto para conhecer o Nordeste do Brasil mesmo não gostando de sol, mar e areia.

Liberdade em casa é poder deixar seu chocolate preferido na geladeira e ter certeza que, se você quiser comer ele daqui dois meses, ele ainda vai estar no mesmo lugar. Pois a liberdade anda lado a lado com o respeito. E, em qualquer lugar onde as pessoas se respeitem e te respeitem você será livre para fazer suas escolhas.

Ser livre é respeitar o próximo, e saber que nossa liberdade termina, quando começa a liberdade de outra pessoa. Enfim, ser livre não tem haver com agir sem limites.

* Bruna Mello é jornalista
bmello.90@gmail.com

Assuntos desta notícia