O que se tem a fazer

Postado em 27/12/2016 15:39:28

Entidades, como a Fecomercio e outras, devem apresentar resultados das vendas de Natal nos próximos dias ou horas, que podem não ter sido como em anos passados de fartura. Contudo, não há como negar que com o pagamento dos salários de dezembro e o 13º ao funcionalismo pelo Governo do Estado e prefeitura da Capital o saldo foi razoável.

Pior situação ocorreu em outros estados, tidos como mais desenvolvidos, como o Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e outros, onde o pagamento de novembro está sendo feito em várias parcelas, o que valeu, por ironia, os famigerados “panelaços” durante o pronunciamento do presidente da República na véspera do Natal, em várias Capitais.

Com as contas públicas sob controle, o que o Acre tem a fazer – Governo, empresários e trabalhadores – é continuar resistindo à crise econômica, política e institucional, com trabalho, criatividade, mas também exigindo da União o que lhe é devido.

Neste sentido, o governador Tião Viana tem feito a sua parte, praticamente, fazendo ponte-aérea com Brasília todas as semanas, percorrendo os ministérios e mesmo em audiências institucionais com o próprio presidente.

Quem está devendo maior empenho na defesa dos interesses maiores do Estado é a bancada federal. De modo particular, deputados senadores que se gabam de serem próximos ou íntimos do presidente e seus ministros.

editorial

Uma boa medida

 

Como este jornal mostrou na edição de domingo, pelo menos, aqui, no Estado, as autoridades de segurança estão tomando medidas para evitar as chacinas que vêm se sucedendo em diversos estados com as disputas entre as famigeradas facções e, ao mesmo tempo, prevenindo e combatendo a criminalidade aqui fora com ...

Leia mais...

clima

Rio Branco - AC
agazetanofacebook