OCA Rio Branco celebra sete anos de serviço, com 96% de aprovação popular – Jornal A Gazeta

OCA Rio Branco celebra sete anos de serviço, com 96% de aprovação popular

Referência nacional na política de atendimento ao cidadão, a Central de Serviços Públicos de Rio Branco (OCA Rio Branco) celebra seu sétimo aniversário nesta quarta-feira, 27. Com 96% de satisfação popular, em sete anos a organização já atingiu mais de 12,7 milhões de atendimentos.

Para celebrar a data, o governo do Estado promoveu nesta manhã uma série de apresentações artísticas culturais no espaço. Gesto de carinho e agradecimento aos servidores e usuários dos mais de 900 serviços públicos, disponíveis na central.

Nesses anos de existência e funcionalismo público, a OCA tem feito a diferença na vida dos cidadãos acreanos. É o que conta a dona de casa Gardênia da Silva dos Santos.

“Quando a OCA foi inaugurada, todo mundo ficou satisfeito porque não era mais necessário ficar correndo de um canto para o outro, além da gente economizar na passagem de ônibus, já que todos os serviços estão aqui”, salienta a rio-branquense, que esteve na central para atualizar os dados do cartão de passe.

Criada em 2010, na gestão do então governador Binho Marques, a OCA Rio Branco dispõe de 909 serviços. Funciona de segunda a sexta-feira, das 8 às 16 horas, ininterruptamente. Ao todo, 330 agentes públicos trabalham no local, que reúne 27 instituições das esferas municipal, estadual e federal.

Sawana Carvalho, secretária de Estado da Gestão Administrativa, visitou a instituição para saudar os servidores e celebrar a data. “A prova de que essa política de atendimento funciona é que muitos estados já vieram aqui para conhecer o nosso modelo e replicar, como é o caso de Rondônia. É o reconhecimento do investimento que o nosso governador Tião Viana faz para manter essa política que gera cidadania no Acre”, frisou.

A central está localizada na Rua Quintino Bocaiuva, 299, no Centro de Rio Branco. Outras informações podem ser obtidas por meio do telefone: (68) 3215-2400.

Assuntos desta notícia